Artilheiro do time, com quatro gols na temporada, jogador convive com as sombras de Wanderley e Negueba

A vida do atacante Deivid não está fácil no Flamengo. Apesar de ter marcado quatro gols na temporada em 11 jogos, ele ainda não conseguiu conquistar a confiança da torcida. Para piorar teve a sombra de Wanderley no início e agora convive com as boas atuações de Negueba, que virou xodó do técnico Vanderlei Luxemburgo e da torcida.

Apesar de tudo, Deivid mantém sua concentração e entende estar seguindo as orientações do treinador para o bem do time. Artilheiro do Flamengo na temporada, ao lado de Wanderley, ele tem se dedicado e espera o título da Taça Guanabara como recompensa. Quem sabe com um gol para conquistar o carinho dos torcedores.

"Teremos a semana inteira para trabalhar forte para esse jogo muito importante. Queremos muito conquistar a Taça Guanabara e garantir a vaga na final do Campeonato Carioca", afirmou o atacante, que voltou a treinar na terça-feira com o grupo depois da merecida folga de segunda-feira, um dia depois da classificação para a final.

Se tenta esquecer a dificuldade em conquistar os torcedores, Deivid comemorou o reconhecimento do clube como campeão brasileiro de 1987, ao lado do Sport. Torcedor do Flamengo desde a infância, ele lembra como comemorou a conquista na época.

"Todos os torcedores sempre consideraram o clube o legítimo campeão de 87. Mas agora que a CBF reconheceu isso de forma oficial, acho que a justiça foi feita com o Flamengo", disse.

O Flamengo decide o título da Taça Guanabara domingo, às 16h, contra o Boavista, no Engenhão. Quem vencer, garante vaga na final do Campeonato Carioca contra o vencedor da Taça Rio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.