Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atacante da seleção belga é preso por agressão e suspeita de roubo

Congolês com nacionalidade belga, Christian Benteke é acusado de participar do roubo de um carro em Paris

EFE |

O atacante belga do Genk Christian Benteke foi detido por agressão e suspeita de participação no roubo de um carro, informou nesta terça-feira a imprensa local.

No sábado passado, Benteke, de 20 anos, foi detido pela polícia, em Liège, junto a outros dois cidadãos belgas, como suspeitos do roubo de um automóvel em Paris no dia 14 de outubro, segundo informações do jornal "La Dernière Heure".

Leia também: Atacante do Zaragoza é preso por abuso sexual

Os três compareceram no domingo a um tribunal de Liège e um deles declarou ser o proprietário do veículo e não saber que o carro tinha sido fruto de um crime. Em seguida, os três foram liberados.

Depois, Benteke e os outros suspeitos foram atrás do homem que teria vendido o carro roubado, o localizaram e o agrediram, segundo testemunhas que presenciaram os fatos e avisaram a Polícia.

Os três jovens foram detidos novamente pelas autoridades belgas no domingo à noite, compareceram na segunda ao tribunal de Liège e estão à espera de uma decisão dos juízes, segundo o "Dernière Heure".

O atacante nasceu na República Democrática do Congo e foi revelado nas categorias de base do Standard de Liège. Após obter a nacionalidade belga, defendeu a seleção da Bélgica principal e também nas categorias de base.

Getty Images
Christian Benteke, à esquerda, é suspeito de participar de roubo de carro

Leia tudo sobre: futebol mundialbélgicachristian benteke

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG