Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atacante Caio lamenta primeiro tempo do Botafogo contra o Ceará

Equipe carioca saiu na frente com Loco Abreu, mas permitiu o empate e a virada do Ceará na primeira etapa

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

O empate de 2 a 2 entre Botafogo e Ceará, nesta quarta-feira, no estádio Castelão, deixou a equipe carioca bem distante da disputa do título do Campeonato Brasileiro. A diferença de cinco pontos para o líder Fluminense pode aumentar, caso o time de Muricy Ramalho vença o Goiás no próximo domingo. Para o atacante Caio, o primeiro tempo do Botafogo comprometeu a partida. A equipe de Joel Santana saiu na frente do placar com gol do atacante Loco Abreu, mas permitiu a virada do Ceará.

"O jeito é secar. Time que quer ser campeão não pode jogar como nós jogamos no primeiro tempo. A gente pensa em título, em Libertadores, mas não teve jeito, parece que está ficando cada vez mais difícil. Agora é secar os adversários para ficar entre os quatro primeiros", declarou o atacante, que entrou na segunda etapa, no lugar do volante Fahel.

Para Caio, o Botafogo também errou ao insistir nas jogadas aéreas. Jogador de velocidade, o atacante acredita que o Botafogo poderia ter trabalhado melhor as jogadas. "Na base do chutão fica difícil. No vestiário nós tinhamos conversado que é melhor trabalhar mais a bola pelo chão. O Loco não vai conseguir chegar em todas as bolas", analisou o 'talismã', como é apelidado pela torcida carioca.

Com 56 pontos, o Botafogo segue na 4ª colocação do Campeonato Brasileiro. Na próxima rodada, a equipe carioca enfrenta o Internacional, no dia 21 de novembro, no estádio Engenhão. Já o Ceará segue na 12ª posição, com 45 pontos, e enfrenta o Prudente, no estádio Prudentão, no dia 20 de novembro.

Leia tudo sobre: botafogocampeonato brasileiro

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG