Tamanho do texto

Centroavante do Cruzeiro teve grande chance no clássico contra o América-MG, mas a perdeu e time empatou

Um lance em especial do clássico contra o América-MG não sai da cabeça do torcedor do Cruzeiro : Montillo deixou Bobô na cara do gol ainda no primeiro tempo, mas o atacante chutou para fora. O centroavante disse estar incomodado por ainda não ter feito gols pelo time mineiro, mas também se defendeu dizendo que pela televisão parece fácil, mas dentro de campo é diferente.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time

Bobô falou sobre o lance ainda na primeira etapa na Arena do Jacaré, quando poderia ter marcado o gol da vitória cruzeirense. "Quando se vê pela TV é outra coisa. Escorreguei um pouco antes de chegar, por isso a bola pegou no tornozelo. Vendo em casa parece ser fácil, lá dentro é diferente", defendeu-se o jogador.

Entre para a torcida virtual do Cruzeiro e convide os seus amigos

O jogador fez uma avaliação da sua atuação no clássico. "Foi muito abaixo da média do que eu posso dar para o clube. Mas esse é meu segundo jogo como titular. Vinha de um longo tempo sem jogar, ainda estou em fase de aprimoramento físico e buscando entrosamento", explicou Bobô.

Na partida contra o Santos, quando também foi titular, Bobô perdeu outra chance clara dentro da área. O jogador disse estar incomodado com a ausência de gols. "Sou um jogador que me cobro muito. Todo jogo faço minha análise. Fico incomodado, é lógico. Poderia ter dado a vítoria contra o América-MG. Mas não posso me abater. Atacante que está aqui sem fazer gols, tem que se incomodar. Senão tenho que jogar de zagueiro", concluiu.