Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Atacante Araújo esbanja otimismo no Fluminense

Jogador acredita que recente goleada serve de motivação para o time dar volta por cima até na Libertadores

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Autor de dois gols na vitória do Fluminense por 5 a 1 sobre o Americano, em Macaé, pela sétima rodada da Taça Rio, Araújo acredita que a vitória sobre o time de Campos pode ser um divisor de águas na temporada.

Se antes da partida o clube das Laranjeiras ocupava apenas a terceira colocação do Grupo B e estava em situação delicada, após o resultado positivo o Tricolor carioca assumiu a liderança da sua chave, com 14 pontos e agora só depende de suas forças para conquistar uma vaga na semifinal da competição.

“Além de valer a liderança na Taça Rio, essa vitória devolveu ao grupo a confiança e nos dá uma motivação ainda maior para os próximos jogos. Temos que manter o foco para conquistarmos a zaga na semifinal para depois então pensarmos na Libertadores”, afirmou Araújo.

Mas se a situação do Fluminense já era complicada na Taça Rio, na Libertadores o drama é ainda maior. Em último lugar do grupo 3, o time das Laranjeiras tem que vencer o Argentinos Juniors, dia 20 de abril, em Buenos Aires, e ainda torcer por uma derrota ou um empate do Nacional diante do América-MEX, em Montevidéu, para seguir vivo na competição.

Mas a vitória de domingo parece ter renovado o ânimo dos tricolores. Se nas arquibancadas durante o jogo a torcida gritava que o campeão voltou, dentro de campo o futebol apresentado a partir do gol de falta de Conca lembrou o encantou o país em 2010. Talvez por isso Araújo acredite que se o Fluminense vencer o time argentino em Buenos Aires dificilmente ficará fora da próxima fase da Libertadores.

“Enquanto houver chances, temos que acreditar na classificação. Se nós vencermos o Argentinos Juniors, as probabilidades de avançar às oitavas são enormes, até porque o América-MEX precisa de uma vitória para não correr riscos de perder a vaga. Mas antes temos que focar no jogo de domingo para chegarmos na semifinal da Taça Rio”, afirmou o atacante, que tentou explicar os altos e baixos do clube na temporada.

“Nós passamos por muitas mudanças. Desde a saída do Muricy, até as mudanças na equipe por causa de lesões. Quase em todas as partidas a equipe muda e isso acaba atrapalhando o entrosamento. Mas, aos poucos, o time está se soltando e ganhando uma cara”, concluiu.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG