Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Assustado, Neymar tem atuação pífia e falha em aprovação européia

Atacante quase não tocou na bola no 1º tempo e finalizou em direção a bandeira de escanteio na 2ª etapa

Samir Carvalho, enviado iG a Yokohama |

O atacante Neymar prometeu na última entrevista coletiva antes da final do Mundial de Clubes da Fifa , diante do Barcelona , que daria trabalho a Daniel Alves e Puyol. A promessa não foi cumprida, o camisa 11 do Santos aparentou estar assustado com a pressão de protagonista do time, e foi reprovado no primeiro teste atuando contra um grande clube europeu.

VEJA TAMBÉM: Muricy erra com formação inédita e Santos "bate cabeça" na final

Durante a goleada sofrida por 4 a 0 para os espanhóis , o jogador teve uma atuação apagada, não chamou a responsabilidade como costuma fazer no futebol brasileiro, e ainda proporcionou lances grosseiros – como uma finalização em direção a bandeira de escanteio.

Neymar teve três oportunidades na partida. Após passar o primeiro tempo sem dar um chute a gol e quase não tocar na bola, o atacante errou uma cabeçada na entrada da pequena área, sem marcação.

Em seguida, aos onze minutos, Neymar recebeu a bola com espaço, ficou de frente para o gol, mas chutou em cima de Valdes.

Newscom
Duelo de brasileiros: Daniel Alves aperta a marcação sobre o santista Neymar

Se não bastasse, o lance mais grosseiro do jogo foi do atacante santista. Neymar dominou a bola do lado direito do ataque e arriscou um chute, que saiu “espirrado” em direção à bandeira de escanteio.

O atleta não passou nenhuma vez por Puyol, não fugiu da marcação de Busquets e Mascherano, e também não deu trabalho a Daniel Alves. Além de marcar, o lateral brasileiro foi ao ataque com tranquilidade.

Leia tudo sobre: futebol mundialsantosneymarmundial de clubes

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG