Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Assunção vê Gaúcho como ajuda financeira e técnica ao Palmeiras

Meio-campista afirma que chegada de astro brasileiro daria força ao time para deixar todas contas em dia

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Mais do que contar com um grande jogador e amigo, Marcos Assunção incentiva o Palmeiras a ir atrás de Ronaldinho Gaúcho pelo dinheiro. Na primeira entrevista coletiva do ano, o jogador afirmou que a chegada do meia ao Palestra Itália ajudaria o time no aspecto técnico e financeiro, e usou o rival Corinthians como exemplo.

Segundo ele, com tanto dinheiro injetado com a chegada do jogador, ficaria difícil o Palmeiras voltar a ter problemas para pagar salários, direitos de imagens e outras pendências.

“A gente sabe que isso traria dinheiro. Por isso que eu também estou falando. Foi o que aconteceu com o Ronaldo. Ele veio e o Corinthians está aí, cheio de dinheiro. Entre nós, não existe essa história de vir um cara ganhando mais do que a gente. Eu joguei no Bétis, na Roma e eu jogava e treinava mais do que os outros que ganhavam muito mais do que eu. Eu estou feliz com o que acontece e o importante é que o Palmeiras vença”, explicou Marcos Assunção, que completou.

“Os jogadores vão receber ele de braços abertos. Quem não gostaria de ter o Ronaldinho no time? Quanto cada um ganha, o problema é de cada um. Nós quando viemos, assinamos o contrato e sabemos desde o início quanto ganharíamos. Acho que ele tem mesmo de ganhar mais, pois ele foi duas vezes melhor do mundo, campeão com a seleção, com o Barcelona”, disse.

Assunção ainda disse que a decisão de Ronaldinho Gaúcho será muito difícil por três grandes clubes estarem interessados. Perguntado sobre um motivo para que o astro escolha o Palmeiras, Assunção brincou.

“Eu falaria para ele vir para o Palmeiras por que o Marcos Assunção está aqui. Eu sou amigo dele”, disse aos risos. “Vai ser uma escolha muito difícil, são três grandes clubes. Tem o Grêmio, que é do Sul, e o Flamengo e o Palmeiras, que são dois clubes que também estão bem. Ele tem que vir para o Palmeiras, vai ser bom”, finalizou.

A novela Ronaldinho Gaúcho, pelo menos para o Palmeiras, pode ter fim nesta terça-feira. Internamente, diretores da equipe do Palestra Itália exibem confiança em receber uma resposta positiva de Assis até o fim do dia. Flamengo e Grêmio ainda estão no páreo.

Leia tudo sobre: palmeirasronaldinho gaúchofutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG