Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Assunção reconhece dificuldade em manter série de gols de falta

Volante do Palmeiras acumula cinco partidas seguidas sem marcar um gol de bola parada, sua especialidade

Gazeta Esportiva |

Preciso nos treinos, Marcos Assunção acumula cinco partidas seguidas sem marcar um gol de falta, a sua especialidade. Desde o dia 17 de outubro, quando converteu uma infração diante do Ceará na Arena Barueri, o volante do Palmeiras balançou as redes uma vez, no gol olímpico contra o Atlético-MG, pela Copa Sul-Americana.

"Preciso treinar mais, pensar em novas alternativas, começar a bater mais no canto do goleiro, aumentar a força", projeta o jogador, demonstrando preocupação com os últimos insucessos. Para Marcos Assunção, a queda do aproveitamento tem diferentes explicações. Em primeiro lugar, ele diz que os adversários estão evitando ao máximo cometer as infrações nas proximidades da área.

"Neste período, tive poucas oportunidades, praticamente uma chance perto da área por partida. Foram mais faltas de longe ou laterais", comenta o meio-campista, que também busca a assistências aos companheiros.

A eficiência dos goleiros rivais também começa a trazer problemas ao principal batedor de faltas do Palmeiras. Em função do gols marcados em momentos decisivos do Palmeiras, Marcos Assunção acredita que está sendo alvo de intenso estudo por parte dos rivais.

"O goleiro faz tudo para te desconcentrar, trazer dificuldades em sua cobrança. Eles estão estudando mesmo", opina o volante. A esperança de Marcos Assunção é recuperar a inspiração nas faltas justamente na Copa Sul-Americana. Na edição 2010 do torneio, o volante já marcou três vezes, inclusive o tão comemorado tento de falta que valeu a classificação contra o Vitória.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG