Jogadores se enfrentam no encontro entre Palmeiras e Atlético-PR pela 3ª rodada do Brasileirão

Além do duelo entre Palmeiras e Atlético-PR neste sábado, o Canindé vai ser sede de outro tira-teima: Marcos Assunção x Paulo Baier . Os dois são especialistas em batidas de faltas e devem ser destaques no jogo que vale pela 3ª do Brasileirão.

Segundo o treinador do Palmeiras, Luiz Felipe Scolari, os dois jogadores são iguais em uma coisa: colocam a bola onde querem. Para ele, a mesma preocupação que ele tem neste momento com Baier, Adílson Batista precisa ter com Assunção.

“Minha preocupação com Baier é a mesma que ele tenha com o Assunção. São dois jogadores que colocam a bola onde desejam. Mas o que pode mudar muito é a participação do restante da sua equipe. O destaque é que eles são idênticos na bola parada, porque fazem o que querem”, disse Felipão.

Marcos Assunção, meio-campista do Palmeiras, durante treino da equipe na Academia de Futebol
undefined
Marcos Assunção, meio-campista do Palmeiras, durante treino da equipe na Academia de Futebol


Se na bola parada os dois times têm armas, na situação do Brasileirão eles vivem situações opostas. Enquanto o Palmeiras ainda não perdeu e soma quatro pontos em dois jogos, o Atlético-PR nem conseguiu marcar gol e foi derrotado as duas vezes, por Atlético-MG e Grêmio.

O fato de precisar de uma vitória desesperadamente, para Felipão, é um motivo extra de preocupação para seu time. A equipe do Sul fará de tudo para somar pelo menos um ponto, enquanto que seu time precisa vencer para chegar à marca que considera excelente.

“Eles têm jogadores de bola parada, como é o caso do Baier, mas tem jogadores de bom biótipo. Se não tivermos os cuidados, vamos correr muitos riscos. O Atlético-PR vem de duas derrotas e precisa somar algum ponto de qualquer jeito. Então vamos ter os cuidados e saber enfrentar daquela forma que nós pensamos e tentar ter a supremacia. Se vencermos, chegaremos aos sete pontos, o que é excelente”, explicou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.