Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Assédio da Europa aumenta e Inter teme perder Leandro Damião

Presidente Giovanni Luigi diz que já recebeu até três ofertas e não banca a permanência até o fim do ano

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Futura Press
Damião, autor de um gol contra o Atlético-MG, pode deixar o Inter
A diretoria do Inter mudou o discurso. A confiança na permanência de Leandro Damião já não é tão grande. O futebol europeu tem investido forte e a venda pode ser concretizada em breve.

“Já recebi duas ou três propostas. O que posso garantir é que estamos trabalhando para fazer a melhor campanha possível. Não sei. Já tive propostas de valor que deveria ter vendido”, disse o presidente Giovanni Luigi.

O Tottenham-ING foi o primeiro clube a fazer uma oferta pelo artilheiro. O Inter rejeitou quase R$ 30 milhões pelo jogador. O clube inglês promete voltar a carga. Damião segue com o discurso de pensar no Inter.

“Sempre quero estar aqui. A decisão é da diretoria. Quatro anos atrás eu ganhava R$ 100. Quando for pra eu ganhar dinheiro vai acontecer”, disse o camisa nove.

A estratégia de Giovanni Luigi é tentar repetir o que foi feito com Sandro no ano passado. O Inter vendeu o jogador para o Tottenham no início de 2010, mas só liberou após o fim da Libertadores, no segundo semestre.

“O futebol brasileiro é deficitário. Essa janela de janeiro paga mais. Fazer o que foi feito com o Sandro seria o ideal. Estou lutando com todas as forças por isso”, admitiu Luigi.
 

Leia tudo sobre: InternacionalLeandro Damião

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG