Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

ASA joga melhor, mas Sport segura empate em Arapiraca

Com oito pontos ganhos e ainda invicto na Série B, time pernambucano está entre os quatro primeiros na classificação

Gazeta |

Sport Recife e ASA empataram por 1 a 1 em Arapiraca, pela quarta rodada da Série B de 2011. A equipe alagoana começou dando impressão de que atropelaria o time pernambucano, que jogou pior durante toda a partida, mas acabou desperdiçando muitas oportunidades durante o jogo, enquanto o rubro-negro aproveitou uma das poucas chances que teve de marcar e garantiu o empate fora de casa.

Com o resultado, o ASA perdeu seu primeiro ponto dentro de casa e continua mal na competição, enquanto o Sport chegou a oito pontos e segue invicto. O Leão da Ilha dormirá entre os quatro primeiros colocados da tabela.

O jogo

Até os 30 minutos do primeiro tempo, o ASA não deu chances para o Sport respirar. Comandando as ações do alvinegro, o atacante Alexsandro mostrou que estava disposto a balançar as redes. Logo no primeiro minuto de partida recebeu um passe na grande área e chutou forte. A bola saiu à direita do goleiro Magrão. Aos 11 minutos, Toninho, do ASA, sentiu a coxa e foi substituído por Leandro Cardoso.

Após desperdiçar mais algumas chances, o camisa 9 do ASA abriu o placar aos 14 minutos de jogo. No contra-ataque, em uma enfiada de bola de Raul, Alexsandro chutou forte no canto direito para fazer o primeiro gol do jogo.

O time de Alagoas não se acomodou com a vantagem e seguiu pressionando. Logo no minuto seguinte ao gol, Didira arriscou da intermediária e a bola passou raspando a trave esquerda do arqueiro do Sport, que só observou.

O ASA ainda quase ampliou com mais dois chutes de fora da área. Didira, novamente, arriscou da meia-lua e a bola passou por cima, já Raul, do mesmo lugar, tentando encobrir Magrão, obrigou o goleiro a fazer uma grande defesa.

A partir dos 30 minutos, o Sport conseguiu segurar o ímpeto do ASA e, com Marcelinho Paraíba e Rithely, chegou a assustar a equipe de Alagoas, mas não conseguiu levar o empate para o vestiário.

Na segunda etapa, aos 4 minutos, o atacante Vitinha, sumido no primeiro tempo, protagonizou um lance bizarro: o jogador recebeu passe dentro da área, de frente para o gol, livre de marcação, e chutou a bola para cima, longe da meta.

Se o clichê "quem não faz, toma" existe no futebol, a prova aconteceu no lance seguinte. Rithely recebeu lançamento na grande área, dominou tirando dos zagueiros e só deu um tapa para a bola tocar na trave esquerda e entrar. Tudo igual: 1 a 1.

Após o gol, Sport e ASA equilibraram as ações, fazendo com que os técnicos mexessem nas equipes. Do lado alvinegro, entraram Fernando Sá e Raulen para a saída de Didira e Maurin. Na equipe de Pernambuco, saíram Willians, que não estreou bem, e Carlinhos Bala, para a entrada de Paulista e Wellington Saci.

Antes do apito final, que decretou o empate por 1 a 1, o Sport ainda perdeu duas grandes chances com Wellington Saci, que foi bem na partida. A equipe do ASA seguia contando com os bons passes de Raul, que não eram bem aproveitados no campo de ataque.

Na próxima rodada, o Sport recebe o Duque de Caxias, na Ilha do Retiro. Já o ASA viaja para Santa Catarina, onde enfrenta o Criciúma.

FICHA TÉCNICA - ASA 1 X 1 SPORT

Local: Estádio Municipal Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL)
Data: 11 de junho de 2011, domingo
Horário: 16h20(horário de Brasília)
Árbitro: Rogério Lima (SE)
Assistentes: Rubens dos Santos Filho e João Carlos de Jesus Santos (ambos de Sergipe)
Cartões amarelos: Willians, Igor (Sport); Marcelo Costa, Fernando Sá, Leandro Cardoso (ASA-AL)
Gols: ASA-AL: Alexsandro, aos 14 minutos do primeiro tempo;
SPORT: Rithely, aos 5 minutos do segundo tempo
Público total: 8350
Renda: R$ 69.115

ASA: Tuti, Tiago Alves, Ferreira, Toninho (Leandro Cardoso), Sérgio Bueno, Marcelo Costa, Didira (Fernando Sá), Raul, Maurin (Raulen), Vitinha e Alexsandro.
Técnico: Vica

SPORT: Magrão, Igor, Tobi e Gabriel; Thiaguinho, Rithelly, Daniel Paulista, Willians (Paulista), Marcelinho Paraíba e Fernandinho; Carlinhos Bala (Wellington Saci).
Técnico: Hélio dos Anjos

Leia tudo sobre: SportASAsérie b 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG