Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

ASA e São Caetano empatam e seguem ameaçados de rebaixamento

Time do ABC precisou contar com derrotas de Icasa e Goiás para finalmente sair da zona de rebaixamento

Gazeta |

Em busca de uma vitória que possibilitasse uma folga na tabela, ASA e São Caetano não fizeram uma boa partida neste sábado e ficaram no 0 a 0, no estádio Coaracy Fonseca, em Alagoas. As equipes não conseguiram criar boas jogadas de ataque.  Mesmo com o ASA dominando toda a partida, as falhas nas conclusões da equipe prejudicou o desempenho dos alagoanos. A grande chance gol aconteceu aos cinco minutos do segundo tempo, quando Reinaldo Alagoano tocou para o gol e viu Bruno Recife tirar de carrinho em cima da linha.

Confira a classificação da Série B

Com o ponto conquistado e as derrotas de Icasa e Goiás nesta rodada, o São Caetano finalmente conseguiu sair da zona de rebaixamento, ocupando a 15ª colocação, com 37 pontos ganhos. Enquanto isso, o ASA chegou aos 38 e subiu para o 13º lugar, mas segue ameaçado pela degola.

O jogo

Os primeiro minutos da partida davam conta de que o embate entre as equipes poderia ser movimentado do início ao fim. Empurrado por sua torcida, o ASA se lançou ao ataque e levou perigo ao goleiro Luís nos primeiros minutos de jogo. Aos dois, Chiquinho Baiano arriscou e viu a bola passar por cima do travessão, enquanto Jorginho tentou a sorte aos três, mas parou nas mãos do arqueiro paulista.

Entretanto, os dois clubes se esqueceram de jogar futebol no restante da primeira etapa e não conseguiram mais criar boas oportunidades. Uma nova chance de se alterar o placar apareceu apenas aos 39 minutos, quando Alexsandro recebeu bom passe de Chiquinho Baiano e, na cara do gol, chutou para fora.

Na volta do intervalo, o duelo entre os times continuou com o mesmo panorama dos primeiros 45 minutos de jogo. O ASA permaneceu atacando, enquanto o São Caetano esperava o momento certo de emplacar um contra-ataque e surpreender seu adversário.

Tal estratégia não surtiu efeito para o time do ABC paulista, que contou com a sorte para não sofrer o gol logo aos cinco minutos da segunda etapa. O atacante Reinaldo Alagoano recebeu passe de calcanhar de Raul e concluiu para a meta, mas o lateral Bruno Recife se jogou na bola e salvou os paulistas em cima da linha.

Com a partida morna novamente, o São Caetano conseguiu chegar ao ataque pela primeira vez somente aos 18 minutos. As dificuldades de se trocarem passes perto da área alagoana fizeram com que o lateral direito Artur arriscasse de fora da área, exigindo uma grande defesa do goleiro Gilson.

Apesar do ASA retomar a superioridade na partida e chegar ao ataque em diversas ocasiões, o goleiro Luís não teve problemas para evitar que os alagoanos abrissem o placar. Sem conseguir corresponder às expectativas dos torcedores e errando muitos passes, a equipe parou na zaga paulista, consolidando o empate sem gols.

FICHA TÉCNICA
ASA-AL 0 X 0 SÃO CAETANO

Local: estádio Coaracy da Mata Fonseca, em Arapiraca (AL)
Data: 15 de outubro de 2011, sábado
Horário: 16h20 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Celso Luiz da Silva (MG) e João Carlos de Jesus Santos (SE)
Cartões Amarelos: Thiago Alves, Vitinha e Chiquinho Baiano (ASA); Ricardo Conceição e Augusto Recife (São Caetano)

ASA: Gilson; Thiago Alves, Toninho e Di Fabio; Gilberto Matuto, Jorginho, Raul, Gustavo (Francismar) e Chiquinho Baiano; Alexsandro (Vitinha) e Reinaldo Alagoano
Técnico: Vica

SÃO CAETANO: Luiz; Artur, Eli Sabiá, Preto Costa e Bruno Recife; Augusto Recife, Souza (Léo Mineiro), Ricardo Conceição e Aílton (Roger); Nunes e Antônio Flávio (Geovanne)
Técnico: Márcio Araújo.

Leia tudo sobre: futebolsérie b 2011são caetanoasa-al

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG