Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Às vésperas da temporada, Mourinho dispara contra a Uefa

"Aprendi que não se pode dizer a verdade. Ninguém vai me calar", disse o treinador português do Real Madrir

Gazeta |

O técnico José Mourinho continua incomodado com a punição de cinco jogos que recebeu da Uefa após a semifinal da Liga dos Campeões da temporada passada, quando sugeriu que o rival Barcelona era constantemente beneficiado. Antes da Supercopa da Espanha entre Real Madrid e Barcelona, jogo que acontece neste domingo, o português voltou a tecer criticas à entidade que comanda o futebol europeu.

"Aprendi que não se pode dizer a verdade. Ninguém vai me calar", afirmou. No primeiro duelo da semifinal, Mourinho e o zagueiro Pepe foram expulsos e o Barcelona venceu o Real Madrid por 2 a 0. O time catalão acabou se classificando no segundo jogo e mais tarde foi campeão europeu diante do Manchester United

Neste sábado, Mourinho divulgou a lista de relacionados do Real Madrid e confirmou o retorno de Sérgio Ramos, recuperado de lesão. Dos reforços, apenas Fabio Coentrão vai para o jogo, pois Nuri Sahin e Hamit Altintop não foram convocados

Embora focado no título, o treinador tratou de tirar o peso dos ombros de seus atletas. "Não nos preparamos apenas para a Supercopa, mas para a temporada inteira. Trabalhamos com muita intensidade durante a pré-temporada para chegar no melhor nível possível", declarou.

A Supercopa abre a temporada e reúne o campeão espanhol, o Barcelona, e o vencedor da Copa do Rei, o Real Madrid. "É o título mais importante do verão e o menos importante da temporada", filosofou Mourinho.

Leia tudo sobre: espanhaReal MadridJosé Mourinhofutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG