Atacante Oliveira acredita que santistas são melhores tecnicamente, mas destacam raça uruguaia para vencer a Libertadores

EFE
Peñarol conta com a torcida para tentar abrir vantagem e conquistar o hexa na Libertadores
O atacante Oliveira, artilheiro do Peñarol na Copa Libertadores da América com cinco gols, admitiu que os jogadores do Santos são melhores tecnicamente que os atletas uruguaios , mas descartou que a equipe santista seja favorita ao título na final da competição continental. Contra a habilidade de Neymar e companhia, o artilheiro destaca a raça uruguaia para derrotar os brasileiros nesta quarta-feira , no estádio Centenário, em Montevidéu.

“O Santos tem muito mais jogadores técnicos, com mais qualidade, pela maior quantidade de atletas técnicos. O Peñarol tem bons jogadores, mas não tanto quanto o Santos. A vontade tem parte importante na final. Nosso time vai com muita humildade e sacrifício”, afirmou Oliveira.

Além da raça dos uruguaios, o técnico Muricy Ramalho está preocupado com outra virtude do Peñarol: a bola aérea. Com um 1,90m, Oliveira é o jogador mais acionado nas jogadas pelo alto da equipe uruguaia. Dos cinco gols marcados pelo atacante na competição, dois foram de cabeça.

“Foram dois (gols de cabeça), um contra o Godoy Cruz (México) na fase de grupos, e um contra o Internacional”, disse Oliveira, que destacou que a jogada aérea não é a única arma para vencer o Santos.

“É um caminho, mas não o único. Peñarol tem bons jogadores, rápidos que vem por fora. Aproveitamos tudo, mas temos atletas altos, então tiramos proveito. Porém esperamos que não seja só dependente disso”, completou o atacante.

Com cinco gols na Libertadores, Oliveira é a grande esperança do Peñarol na final contra o Santos
Samir Carvalho
Com cinco gols na Libertadores, Oliveira é a grande esperança do Peñarol na final contra o Santos

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.