Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Artilheiro do dia, Adriano espera final bonita contra o Santos

Lateral brasileiro do Barcelona também lamentou a lesão de David Villa, que fraturou a tíbia da perna esquerda nesta quinta

iG São Paulo |

AP
Adriano chuta para marcar seu segundo gol na partida
Um dos destaques da goleada do Barcelona sobre o Al-Sadd , na semifinal do Mundial de Clubes, foi o lateral esquerdo brasileiro Adriano , autor dos dois primeiros gols do time espanhol no duelo. Pela primeira vez na história do torneio, um jogador de defesa balançou a rede duas vezes na mesma partida, e o prório atleta sabe da raridade do fato.

LEIA MAIS: Barcelona goleia o Al-Sadd e confirma o duelo Neymar x Messi

"Nem sempre isso acontece, né?", disse Adriano ao canal "Sportv", já lamentando a lesão de David Villa, que fraturou a tíbia da perna esquerda ainda no primeiro tempo de jogo. "Estou feliz pelo resultado, mas triste pelo nosso companheiro. Infelizmente ele teve uma fratura, esperamos que ele possa se recuperar o mais rápido e voltar a ficar com o grupo", completou o camisa 21.

[]Adriano, assim como todos os fãs de futebol, se mostrou ansioso pelo duelo Neymar x Messi que está marcado para o próximo domingo, no estádio de Yokohama. "Todo mundo estava esperando, estão todos ansiosos por domingo. Vai ser bonito. Espero que possamos fazer um bom jogo contra o Santos. O importante agora é descansar para chegar bem na decisão", avaliou o lateral.

Acesse a ficha técnica do lateral Adriano

O artilheiro do dia no Barcelona ainda negou que o time tenha jogado para o gasto diante do time do Catar e exaltou o adversário, que mal ameaçou a meta de Valdés. "Nosso pensamento é de sempre dar 100% nos jogos, mesmo que o resultado esteja amplo, nunca colocamos o pé do freio. É claro que no final a gente dá uma cadenciada. Esses jogos são difíceis, mas nossa equipe está de parabéns", finalizou Adriano.

Com os 4 a 0 diante do Al-Sadd, o Barcelona se credenciou para enfrentar o Santos na grande final do Mundial de Clubes, no próximo domingo, a partir das 8h30 (de Brasília). Antes, a equipe do Catar disputa a 3ª colocação do torneio contra o Kashiwa Reysol, que perdeu dos brasileiros na semifinal.

Leia tudo sobre: Futebol MundialMundial de ClubesBarcelonaJapãoEspanhaDavid Villa

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG