Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Arsenal supera o Manchester e ajuda Chelsea no Inglês

Com derrota do time de Alex Ferguson, briga pela ponta do Nacional se acirra antes de embate de líderes

Gazeta Esportiva |

Absoluto desde o início da competição, o Manchester United escorregou nesta rodada. A equipe perdeu para o rival Arsenal, na casa dos adversários, por 1 a 0, e está com apenas três pontos de vantagem sobre o Chelsea, com quem duela na próxima rodada do Campeonato Inglês. A três rodadas do final, o próprio Arsenal volta a entrar na disputa, apesar das chances ainda serem mínimas para os Gunners.

A partida foi bastante disputada e quente, com as duas equipes indo para cima e com seus jogadores se desentendendo em diversas jogadas durante o embate.

O Arsenal conseguiu o gol já no segundo tempo, depois de boa jogada de seu capitão Van Persie, que deixou o jovem Ramsey livre para abrir o placar e dar a vitória aos Gunners.

Após o resultado, a situação do Campeonato Inglês é a seguinte: O Manchester United soma 73 pontos, ainda na liderança. Em seguida, vem o Chelsea, com 70 e ainda sonhando com o troféu. Na próxima rodada, as duas equipes se enfrentam e podem trocar de posições no Inglês. O Arsenal, em situação mais complicada, tem 67 e ainda pode se sagrar vencedor.

Getty Images
Ramsey marcou após boa jogada do atacante holandês Van Persie
O jogo

A primeira chegada do Arsenal foi logo aos dois minutos. Nasri avançou pelo meio, fez boa jogada e encontrou Van Persie, que bateu bonito. No entanto, o árbitro marcou impedimento do holandês e ainda deu cartão amarelo para o jogador.

Logo em seguida, a zaga do Manchester bateu cabeça e Vidic foi tentar tirar, mas mandou nos pés de Nasri na entrada da área. O francês, porem, bateu mal e mandou pela linha de fundo.

Jogando melhor nos primeiros minutos, o Arsenal voltou a chegar com perigo. Desta vez pelo lado esquerdo, avançou com Clichy, que cruzou na área para Walcott, que chegou por baixo, mas mandou a bola por cima, com perigo.

Em outra chegada pela esquerda, mais uma boa chance para o Arsenal. A bola cruzou toda a área e, quando Walcott ia chegando para completar para o gol e abrir o placar, Evra cortou.

O Manchester só chegou com perigo já aos 20 minutos. Em grande jogada de Fábio pela direita, ele cruzou na área e a bola ia chegando a Chicharito, quando a zaga conseguiu cortar e afastar o perigo.

Aos 31, o lance mais polêmico da primeira etapa. Depois de boa triangulação do Arsenal, a bola foi cruzada na área para Van Persie, que não conseguiu pegar na bola, pois Vidic cortou com a mão, gerando reclamação dos Gunners, mas nem o árbitro e nem o assistente viram a jogada. Logo em seguida, em outra jogada de Fábio, Koscielny cortou.

Ainda no primeiro tempo, Anderson teve boa chance para marcar. Depois de o Manchester ficar um tempo no ataque, a bola sobrou para o brasileiro, que avançou e arriscou da entrada da área, mas a bola foi fraca e ficou fácil para o goleiro.

No início da segunda etapa, o Manchester já começou bem. Logo aos três minutos, Rooney bateu falta com categoria e efeito, mas Szczesny espalmou. No rebote, Evra tentou, mas mandou na rede pelo lado de fora.

Aos 11 minutos, porém, o Arsenal conseguiu abrir o placar. Em boa jogada do ataque da equipe, Van Persie levou pela direita, sambou na frente da marcação dentro da área e tocou para trás para Ramsey, que finalizou de primeira, no cantinho, balançando as redes de Van der Sar.

A partir daí, o United passou a ir para cima. Aos 15, Vidic aproveitou cobrança de escanteio, subiu muito bem, mas acabou cabeceando para fora.

Getty Images
Rooney não conseguiu superar a marcação adversária no clássico
Rooney voltou a assustar em cobrança de falta aos 29, mas Szczesny estava bem colocado e defendeu com facilidade. Em seguida, o Manchester ameaçou uma pressão, com Valencia, pela direita, e Berbatov na área.

Aos 31, o goleiro do Arsenal fez milagre. Depois de grande jogada de Rooney, que ganhou dividida e avançou, achando Nani livre na área. O português ficou cara a cara com Szczesny, mas a batida foi defendida pelo arqueiro, que salvou o Arsenal.

O jogo ficou totalmente aberto com o Manchester atacando mais. O Arsenal teve algumas oportunidades de matar o jogo no contragolpe, mas não conseguiu converter em gol, assim como o Manchester.

Resultados da rodada

Blackburn 1x0 Bolton

Blackpool 0x0 Stoke City

Sunderland 0x3 Fulham

West Bromwich 2x1 Aston Villa

Wigan 1x1 Everton

Chelsea 2x1 Tottenham

Liverpool 3x0 Newcastle

Birmingham 1x1 Wolverhampton

Arsenal 1x0 Manchester United

Manchester City 2x1 West Ham

Leia tudo sobre: futebol mundialinglaterraarsenalmanchester

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG