Tamanho do texto

Seria uma transferência recorde na história do time londrino, que não costuma gastar demais em contratações

Com problemas para formar o comando de ataque do Arsenal, o técnico Arsène Wenger pensa em um jovem nome estelar para integrar o seu elenco já na próxima janela de transferências do mercado europeu, em janeiro. O francês Karim Benzema teria sido o mais novo pedido de Wenger à diretoria do clube londrino.

O técnico francês estaria em conversas com a cúpula do Arsenal para que o time desembolsasse 30 milhões de euros (67,8 milhões de reais). Seria uma transferência recorde na história do time londrino, que não costuma gastar demais e contratar jogadores com menor mídia em relação aos medalhões mundiais.

A informação é do portal inglês "CaughtOffside.com", que afirma que Wenger sempre se mostrou um fã declarado do futebol de Benzema, e acha que ele se daria melhor e recuperaria a carreira se vivesse longe da pressão e dos holofotes do Real Madrid, além de fechar a lacuna sempre aberta no ataque do Arsenal com os eternamente lesionados Robin Van Persie e Nicklas Bendtner.

O Arsenal, no entanto, não iria poder contar com o futebol de Benzema na Liga dos Campeões, visto que o atleta já atuou pelo Real Madrid na competição. No time merengue, o principal opositor à saída do atacante francês é o presidente, Florentino Perez. O técnico José Mourinho já teria dado o aval para a negociação.