Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Arsenal para na defesa do Newcastle e perde por 1 a 0

Equipe londrina não superou a forte marcação do adversário, que garantiu a vitória com um gol no final do primeiro tempo

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237861510102&_c_=MiGComponente_C

O Arsenal não conseguiu repetir a mesma eficiência ofensiva que vinha mostrando nas últimas partidas e parou na eficiência defensiva do Newcastle neste domingo, pelo Campeonato Inglês. Dessa maneira, a partida no Estádio Emirates, em Londres, foi decidida em um lance no fim do primeiro tempo. Em uma das raras vezes que chegou ao gol adversário, o Newcastle definiu sua vitória por 1 a 0 com um gol de Andy Carroll.

Com o resultado, o Arsenal perdeu a oportunidade de diminuir a sua diferença para o líder Chelsea e se manteve com os seus 20 pontos, na terceira colocação. O Newcastle, por sua vez, foi aos 17 pontos e subiu para o quarto lugar, alcançando temporariamente a zona de classificação para a Copa dos Campeões da Europa do ano que vem.

Na próxima rodada, domingo que vem, o Arsenal irá visitar o Wolverhampton, enquanto o Newcastle receberá o Blackburn Rovers.

O jogo

Sabendo da qualidade ofensiva da equipe do Arsenal, o Newcastle focou os seus esforços na marcação no meio de campo. Com muita posse de bola, os visitantes conseguiram neutralizar as ações de ataque dos Gunners nos primeiros minutos.

Com o passar do tempo, o Arsenal passou a achar brechas na boa marcação adversária, e com isso conseguiu obter algumas chances de gol nos minutos finais. Aos 40 minutos, Nasri recebeu de Fabregas e bateu forte para grande defesa de Krul.

No entanto, a equipe que saiu em vantagem no primeiro tempo acabou sendo o Newcastle. Após o inseguro goleiro Lukasz Fabianski sair mal do gol para tentar interceptar o cruzamento, o atacante Andy Carroll subiu mais alto que o arqueiro e desviou para abrir o placar.

Na volta para o segundo tempo o Arsenal veio determinado a reverter o resultado. Logo aos quatro minutos, após jogada de Wilshere, o atacante Walcott mandou a bola na trave de Krul. Dois minutos depois, o lateral Simpson afastou um cruzamento que ficaria na medida para Chamakh marcar.

Para chegar ao empate, o Arsenal lançou mão de seu estrelado banco de reservas e colocou o meia Andrei Arshavin e os atacantes Robin van Persie e Niklas Bendtner em campo. Assim, o jogo ficou cada vez mais dominado pelos donos da casa, que tentavam penetrar na forte defesa rival.

Apesar da boa posse de bola, o Arsenal apenas rondava a área do Newcastle e, desse modo, as chances reais de gol foram se tornando cada vez mais escassas conforme o fim da partida ia se aproximando.

Leia tudo sobre: futebol internacionalinglaterrainglês 2010

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG