Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Arsenal marca no fim e deixa City mais longe do título inglês

O meia espanhol Arteta marcou o único gol da partida, que deixou o Arsenal mais próximo da Liga dos Campeões

Gazeta |

Getty Images
O espanhol Arteta marcou o gol da vitória do Arsenal contra o Manchester City
Após o United fazer 2 a 0 no Queens Park Rangers, o City entrou em campo precisando fazer sua parte para não deixar os Diabos Vermelhos dispararem na liderança do Inglês. Diante do Arsenal, terceiro colocado, o time de Roberto Mancini teve uma atuação apática no Emirates Stadium, e foi castigado no fim: em um chute de fora da área, Arteta acertou o canto de Hart para assegurar a vitória dos Gunners, por 1 a 0.

Leia mais: United aproveita pênalti mal marcado, bate QPR e abre vantagem

Depois de um grande início de competição, quando liderou a Premier League, o Manchester City vem perdendo fôlego na competição e chegou neste domingo ao seu terceiro jogo seguido sem vitória - o United, por sua vez, conseguiu diante do QPR a oitava vitória seguida na competição, a qual defende o título. Agora, o time de Mancini mantém de forma distante o sonho de conquistar o nacional, que o clube não leva desde 1968.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

A seis rodadas para o fim, e ainda com um confronto com o time de Alex Ferguson pelo caminho, o City parou nos 71 pontos, a oito dos líderes. O Arsenal, por sua vez, retomou a terceira colocação do Inglês e a última vaga direta para a próxima Champions League - com 61 pontos, o time londrino colocou dois de vantagem para o Tottenham, quarto colocado.

Agora, na próxima rodada do Inglês, a 33ª, o City enfrenta o West Bromwich, em casa, secando o United, que pega o vice-lanterna Wigan. O Arsenal, por sua vez, recebe o Wolverhampton, último colocado da competição.

AP
Vermaelen disputa a bola com Aguero na vitória do Arsenal sobre o Manchester City
CONFIRA AS MELHORES FOTOS DOS CAMPEONATOS EUROPEUS NESTE FIM DE SEMANA

O jogo
Mesmo sabendo que precisava vencer para manter-se cinco pontos atrás do United, o City tinha dificuldades para ter a posse de bola, e começou a partida no Emirates Stadium sendo acuado pelo Arsenal. Foi do clube mandante a primeira grande oportunidade da partida, aos 15 minutos.

Confira a classificação do Campeonato Inglês

Após cobrança de escanteio, Van Persie fez desvio certeiro de cabeça, mas não contava com seu companheiro Vermaelen atuar como ‘rival’: a bola tocou no defensor dos Gunners, explodiu no travessão e, no rebote, nenhum jogador do time londrino aproveitou o rebote dentro da área.

AP
O atacante Balotelli foi expulso no fim da partida contra o Arsenal
Pouco depois, o técnico Roberto Mancini precisou fazer a primeira alteração, já que Yaya Touré se machucou e deu oportunidade para que David Pizarro entrasse na partida, aos 17 minutos de jogo. Oito minutos depois da troca, a primeira chance do City: em escanteio, Balotelli desviou para o gol, mas a bola pegou em Gibbs, que afastou o perigo.

E mais: Chelsea vence Wigan no fim e ainda sonha com vaga na Liga

No retorno, o ritmo da partida seguiu morno, e nenhum dos clubes chegava com perigo na meta rival. Aos 17 minutos, Van Persie desviou de cabeça na trave e perdeu nova oportunidade. O holandês deixou a sua marca aos 25 minutos, após lançamento de Song – o camisa 10, porém, estava impedido, em lance assinalado pelo arbitragem inglesa.

Quando a partida já se encaminhava para o empate sem gols, o Arsenal foi contemplado com o gol. Melhor durante todo o confronto, o time londrino chegou ao tento aos 41 minutos. Arteta arriscou de fora da área e acertou o canto de Hart, que voou, mas não conseguiu praticar a defesa.

Com a desvantagem no placar, o City mostrou seu destempero aos 44 minutos, quando Balotelli deu carrinho em Sagna no campo de ataque e recebeu o cartão vermelho. Nos acréscimos, Ramsey ainda perdeu boa chance para o time da casa.

Leia tudo sobre: arsenalmanchester cityinglaterrafutebolo mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG