Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Arsenal busca virada incrível e goleia o Tottenham por 5 a 2

Em casa, Arsenal saiu perdendo por 2 a 0 e alcançou o 4º posto da tabela com o triunfo. Tottenham se mantém em 3º

Gazeta |

Mesmo saindo em desvantagem no clássico londrino, o Arsenal não deixou de acreditar nem por um momento na vitória diante do rival Tottenham e teve sua garra recompensada com uma incrível virada neste domingo, no Estádio Emirates, em Londres. Com gols de Sagna, Van Persie, Rosicky e Walcott (dois), os Gunners golearam os Spurs por 5 a 2 e seguiram firme na disputa por uma vaga na próxima Liga dos Campeões da Europa. Os atacantes Saha e Adebayor marcaram os tentos dos visitantes.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Melhor na tabela, o time visitante abriu dois gols de vantagem com 33 minutos de jogo, mas viu os donos da casa mostrarem um poder de reação muito grande. Perdendo por 2 a 0 até os 40 minutos da primeira etapa, os Gunners já tinham vantagem no placar aos cinco minutos do segundo tempo, para delírio de seus torcedores, que ainda viram a vitória virar goleada.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Inglês

Com o resultado o Arsenal foi aos 46 pontos, mesmo número do rival Chelsea. No entanto, o time permanece na quinta colocação por ter desvantagem no saldo de gols. Já o Tottenham ficou na terceira colocação, com 53 pontos, dez atrás do líder Manchester City.

Getty Images
Rosicky comemora o gol que marcou a virada do Arsenal no início da segunda etapa

Na próxima rodada do Campeonato Inglês as duas equipes voltam a ter rivais importantes pela frente. Enquanto o Arsenal duela fora de casa com o Liverpool, o Tottenham recebe o vice-líder Manchester United no White Hart Lane.

O jogo
O Tottenham entrou em campo com uma escalação ofensiva e concluiu com êxito a primeira oportunidade que teve para balançar as redes. Após receber a bola perto do meio de campo, Adebayor viu Saha arrancar pela intermediária e lançou na medida para que o francês dominasse, invadisse a área e batesse para o gol. Para sorte dos visitantes, a finalização de perna canhota do francês desviou em Vermaelen e encobriu o goleiro Szczesny, que não pôde fazer para evitar o tento.

Veja também: Manchester City vence Blackburn em casa e consolida liderança

Precisando sair para o jogo para buscar o empate, o Arsenal criou duas boas oportunidades pouco depois, mas não conseguiu convertê-las com sucesso. Na primeira delas o atacante Van Persie bateu de fora da área e a bola tocou na rede pela fora. Em seguida, Rosicky aproveitou cobrança de escanteio e cabeceou no contrapé de Friedel, que fez grande defesa.

Leia mais sobre futebol inglês no blog God Save the Ball

Mesmo sendo pressionado, o Tottenham não abdicou do ataque e teve duas chances seguidas em chutes de Adebayor e Walker. Minutos mais tarde, Gareth Bale arrancou pelo lado direito invadiu a área e foi tocado por Szczesny, em lance polêmico em que a arbitragem assinalou a penalidade máxima. Na cobrança, aos 33 minutos, Adebayor não se incomodou com a pressão dos torcedores de seu ex-clube e bateu com categoria para ampliar a vantagem dos Spurs.

Veja fotos da eletrizante partida disputada em Londres:

Assim como após o primeiro gol, o Arsenal não se abalou e seguiu buscando uma reação. A disposição da equipe da casa foi premiada ainda no primeiro tempo, começando por um lance de intensa pressão. Após um chute cruzado de Van Persie que explodiu na trave de Friedel, Arteta pegou o rebote e cruzou na medida para Sagna marcar de cabeça para os Gunners.

Restando dois minutos para o fim da primeira etapa, o Arsenal contou com a ajuda de seu principal jogador para ir aos vestiários com a igualdade no placar. Após rebatida da zaga do Tottenham, Van Persie dominou a bola fora da área, puxou para a perna esquerda e bateu forte no canto direito de Friedel para marcar um golaço.

E ainda: Chelsea encerra jejum no Inglês e vence Bolton em casa

No segundo tempo o Arsenal seguiu com muita disposição e virou o placar logo aos cinco minutos, com o meia Rosicky, que tocou para Sagna e correu para a grande área para balançar as redes com um leve desvio em meio à zaga do Tottenham.

O novo tento sofrido desestabilizou completamente o time visitante, que levou mais dois gols em jogadas muito parecidas do velocista Walcott. Jogando na faixa direita do campo, o atacante fez o quarto e o quinto gols do Arsenal em chutes cruzados que tiveram jogadas iniciadas por Van Persie e Song.

Com a incrível reação, a apreensão dos torcedores do Arsenal com a desvantagem inicial deu lugar à euforia pela goleada, e os últimos minutos da partida foram marcados por cantos de 'olé' para cada passe do time da casa. Sem poder fazer nada para impedir a derrota, o Tottenham ainda teve Parker expulso por entrada forte em Vermaelen.

Leia tudo sobre: arsenaltottenhaminglaterrafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG