Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Argentinos projetam o sucesso de Bolatti e Cavenaghi no Inter

Compatriotas dos novos reforços do time gaúcho acreditam em rápida adaptação e no sucesso em Porto Alegre

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Se depender do histórico no futebol argentino o volante Bolatti e o atacante Cavenaghi farão uma boa história no Inter. A contratação dos dois jogadores impressionou os argentinos. Os vizinhos vem acompanhando de perto a trajetória de ambos, e o gol do Bolatti contra o Emelec repercutiu por lá.

“Estreia quase sonhada”, escreveu o Diário Olé. “O gol de Bolatti não foi suficiente para o Inter dos argentinos”, avaliou o Clarín. O iG conversou com jornalistas argentinos e eles fizeram suas análises sobre o início de trabalho dos gringos em Porto Alegre.

“Tanto o Bolatti como Cavnenaghi não terão problemas de adaptação no Brasil. Acho que vão se destacar porque são jogadores de excelente nível. O Cavenaghi é um goleador nato, jogador de área, grande definidor. E o Bolatti não é só um recuperador de bolas, ele sabe tratar bem a bola”, contou Federico del Rio, do Diario Olé.

Parece unanimidade em Buenos Aires de que Bolatti, apesar de volante, tem muita qualidade com a bola no pé. O Inter já teve um pequena amostra disso na estreia dele. Bolatti não só desarmou como também fez gol.

“Eu particularmente sempre tive uma admiração por Bolatti. Ele foi fundamental na campanha do Huracán em 2009 e aprendeu bastante no futebol europeu. É um volante de boa postura, ele faz o time jogar”, contou Lisardo Novillo da TV Fox Sports.

A verdade é que na condição de atual campeão da Libertadores o Inter está muito visado nos outros países sul-americanos. Não é difícil encontrar alguém que aponte o time de Celso Roth como favorito para ganhar a competição.

“Com a chegada dos argentinos o Inter volta a ser uma das melhores equipes da América. Os dois são experientes e serão importantes para os futuros títulos do Inter”, projetou Diego Arvilly da Rádio Del Plata.

A atuação de Bolatti contra o Emelec colocou um pulga atrás da orelha do técnico Celso Roth. O jogador foi muito elogiado e se encaminha para ser titular do time. Tinga e Wilson Matias terão de disputar a outra vaga de volante. Cavenaghi não teve tanto tempo para mostrar trabalho. O atacante ainda não foi titular, mas se depender do cartaz que ele tem na Argentina não levará muito tempo para assumir um lugar no Inter.

Neste sábado o time B recebe o Cruzeiro de Porto Alegre valendo vaga na semifinal do primeiro turno gaúcho. Os titulares voltam a campo na quarta-feira, dia 23, quando recebem o Jaguares do México pela segunda rodada da Libertadores.
 

Leia tudo sobre: InternacionalCopa Libertadores 2011BolattiCavenaghi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG