Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Argentino Olé ironiza derrota do Santos e chama de "surra mundial"

Imprensa espanhola também comentou o título do Barcelona e ainda criticou o esquema tático que Muricy Ramalho armou

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

"Uma surra mundial". É com essa manchete que o diário argentino "Olé" estampou a capa do seu site após a goleada do Barcelona por 4 a 0 sobre o Santos , neste domingo, na decisão do Mundial de Clubes. A publicação do país vizinho fez questão de exaltar o compatriota Messi , autor de dois gols, e ironizou o time do Santos .

E MAIS: Messi brilha, faz dois gols, Barcelona goleia o Santos e fatura o bi mundial

"O Barcelona não teve piedade, humilhou o Santos e conseguiu impor a maior diferença de gols desde que a final do Mundial é disputada em apenas uma partida. Campeão e melhor do mundo, não há dúvidas", diz a matéria.

Newscom
Messi levou a melhor sobre Neymar
" Neymar deixou claro que não pode copiar o que Messi faz em campo", disse o "Olé", completando que o Santos não precisava nem jogar o segundo tempo depois de levar uma aula de futebol no primeiro. "O Barça foi com uma vantagem de 3 a 0 para o intervalo, para que jogar o segundo tempo? O Peixe devia rezar para todos os santos", finalizou a nota.

Após derrota, Neymar diz que Barcelona ensinou o Santos a jogar futebol

Mais políticos, os jornais espanhóis preferiram uma análise tática da partida e criticaram, principalmente, o esquema que Muricy Ramalho armou na equipe santista. O treinador escalou três zagueiros logo de cara e não deu certo.

"Um Santos sem graça e sem sal, fisicamente e taticamente muito distante do futebol europeu. Foi uma tarefa simples para equipe de Guardiola. O Barcelona teve uma posse de bola esmagadora e deixou o Santos a ponto de não conseguir jogar", diz a matéria do diário "AS".

O site do jornal "Marca" também deu destaque para a postura do Santos no duelo. "Não foi o dia de Neymar. A estrela do Santos foi vítima de um time muito compacto e sem criatividade. O 1º tempo dele é para se esquecer. No 2º, Neymar teve uma boa chance, mas chutou em cima de Valdés".

Leia tudo sobre: SantosBarcelonaMundial de ClubesEspanhaFutebol MundialArgentinaMessi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG