Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Argentina volta a decepcionar e perde para a Polônia

Com time reserva, a equipe que já havia perdido para a Nigéria sofreu mais uma derrota, dessa vez por 2 a 1

Gazeta Esportiva |

Depois de ser goleada pela Nigéria, por 4 a 1, na última quarta-feira, a Argentina esperava a recuperação, neste domingo, em Varsóvia, contra a Polônia. Porém, a seleção voltou a decepcionar sua torcida e, com um time considerado reserva, sofreu novo réves, por 2 a 1.

O JOGO - Após os primeiros quinze minutos sem grandes oportunidades, a Argentina levou perigo com Cristaldo. Ruben fez a assistência para o atacante, que invadiu área e dividiu com o goleiro Szczesny, que salvou a seleção polonesa.

Cinco minutos depois, a Polônia aproveitou-se do erro argentino para conseguir abrir o placar. A defesa da Argentina saiu jogando errado, Murawski fez o passe para Lewandowski, que colocou na área. Mierzejewski tocou na saída de Gabbarini, abrindo o placar em Varsóvia.

A Polônia voltou a assustar pouco depois. Piszcek disparou pela direita e cruzou para a área, porém Grosicki cabeceou para fora. Aos 33, foi a vez da Argentina se aproximar do gol. Cristaldo fez a jogada pela direita e cruzou rasteiro. Ruben tocou por cima de Szczesny, mas Wojtkowiak tirou em cima da linha.

Depois destas chances, o ritmo da primeira etapa diminuiu, assim como as chances criadas. Grosicki e Cristaldo ainda buscaram, mas não levaram grande perigo aos goleiros adversários.

Determinada a buscar a reação, a seleção argentina chegou ao empate no primeiro minuto da etapa final. Zabaleta cruzou para a área, a defesa da Polônia não afastou, e Ruben chutou firme, para igualar o placar em Varsóvia.

Após o gol, embora mantivesse a posse de bola, a Argentina não conseguia levar perigo a Szczesny. Assim, foi a Polônia quem criou boa chance aos 18 minutos. Lewandowski fez um bom passe para Mierzejewski, que invadiu a área argentina pela esquerda. O jogador tocou no canto, mas Gabbarini, bem posicionado, evitou o segundo gol polonês.

Porém, quatro minutos depois, Gabbarini não conseguiu salvar a Argentina. Lewandowski fez um belo passe para Brozek, que invadiu a área livre e deu um toque por cima do arqueiro, recolocando a Polônia à frente no placar.

Com a nova desvantagem, a Argentina voltou a levar perigo em cobrança de falta. Belluschi bateu por cima da barreira, e a bola passou próxima ao gol de Szczesny, que apenas olhou a bola sair.

Aos 41, Cristaldo tentou um gol antológico. O hermano viu Szczesny adiantado e bateu de muito longe, à esquerda do gol da Polônia. A Argentina ainda tentou, em duas cobranças de falta, o empate, mas a defesa polonesa conseguiu segurar o ímpeto do adversário, marcando a segunda derrota consecutiva do time de Sergio Batista.

Leia tudo sobre: futebol mundialargentina

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG