Sérgio Batista deixa Tevez, Aguero e Pastore no banco em amistoso e aposta em coadjuvantes ao lado do melhor do mundo

Sérgio Batista, técnico da seleção argentina na Copa América que começa em julho, fará o óbvio: seu time jogará em função do melhor jogador do mundo, Lionel Messi . Apesar de o camisa 10 dever atuações fantásticas pela seleção argentina, os preparativos dos anfitriões para a competição, que já treinam há dez dias , projetam um time voltado para craque. Nesta segunda-feira (18h10) a Argentina faz seu último amistoso, contra a Albânia, em Buenos Aires.

Em vez de Pastore (do Palermo), de Tevez (Manchester City) ou de Aguero (Atlético de Madrid), que poderiam tentar ser os protagonistas, Batista vai escalar Banega (Valencia), Lavezzi (Napoli) e Dí Maria (Real Madrid). Messi tem atuado mais centralizado, com Lavezzi pela direita, Dí Maria na esquerda e Banega logo atrás do craque. Batista já disse que considera o meia do Valencia parceiro ideal para Messi neste momento.

Messi é o dono da bola nos treinos da Argentina no CT de Ezeiza
AFP
Messi é o dono da bola nos treinos da Argentina no CT de Ezeiza

“ Fazemos de tudo para que ele se divirta. Em campo, ele terá de mostrar porque é o melhor. Todo mundo sofre pressão mas ele vai saber lidar com ela. Ele está muito à vontade no esquema tático que tentamos implantar, porque tem liberdade para jogar tanto no meio quanto nas pontas “, disse Batista.

Messi é criticado por não jogar bem pela seleção (fez uma Copa do Mundo de 2010 irregular e sem marcar gol), mas ganhou alguns pontos recentemente ao conquistar o título da Liga dos Campeões da Europa com o Barcelona sobre o Manchester United, da Inglaterra. Nas últimas semanas, a presidente argentina, Cristina Kirchner, intensificou críticas aos ingleses sobre a soberania das Ilhas Malvinas (entrevero que dura desde o século 19) e o camisa 10 foi elogiado por superar os “inimigos”.

Para o amistoso, Batista pode testar no segundo tempo Tevez na vaga de Dí Maria, que não tem agradado os cronistas locais na função que tem sido escalado. O ex-corintiano fez as pazes com Batista e voltou a ser convocado depois de praticamente estar fora dos planos.

Os argentinos se concentraram para enfrentar a Albânia, algo que não vinha acontecendo . O time que Batista vai colocar em campo é formado por Sergio Romero; Javier Zanetti, Nicolás Burdisso, Gabriel Milito e Marcos Rojo; Lucas Biglia, Javier Mascherano e Ever Banega; Ezequiel Lavezzi, Lionel Messi e Angel Di María. Cambiasso, que será titular na Copa América na vaga de Biglia, está machucado e será preservado.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.