Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Argentina pega os Estados Unidos fora de olho na Copa América

Batista deve escalar Messi, Di María e Lavezzi, enquanto que Bradley deve manter mesma base da Copa 2010

Gazeta |

De olho na 'obrigação' de ser campeão jogando diante dos seus torcedores, a Argentina encara um adversário que também jogará a Copa América. Neste sábado, às 20h (de Brasília), a equipe do técnico Sergio Batista enfrenta os Estados Unidos, na casa do adversário, no estádio Meadowlands, em Nova Jersey.

O treinador, aliás, comentou sobre a importância da competição, que será realizada em julho. "Ganhar o torneio em casa será muito importante, pois nos dará confiança. Fará o elenco acreditar e si mesmo", afirmou, lembrando qual seu principal objetivo no comando da seleção bicampeã mundial.

"Trabalho para ser campeão mundial. A Argentina precisa ganhar uma Copa, é o mais importante", declarou. Batista também analisou os pontos fortes do rival, eliminado nas oitavas de final em 2010.

"Vamos enfrentar um rival duro, que evoluiu muito com o (Bob) Bradley, como pudemos ver no Mundial. Será difícil, uma ocasião para testar os atletas", comentou o substituto de Maradona, que deve escalar um trio ofensivo com Messi, Dí María e Lavezzi no duelo.

Do lado americano, a partida inicia uma sequência de preparação considerado de 'alto nível', que ainda terá Paraguai, na terça, Espanha, Canadá e Panamá, estes apenas em junho, visando à disputa do torneio continental.

Para o embate, o técnico Bob Bradley deve manter a mesma base da Copa, contando com Landon Donovan e Dempsey para guiar os jovens atacantes Agudelo e Altidore.

FICHA TÉCNICA  - ESTADOS UNIDOS x ARGENTINA

Local: Estádio Meadowlands, em Nova Jersey (Estados Unidos)
Data: 26 de março de 2011, sábado
Horário: 20h (de Brasília)
Árbitro: não divulgado
Assistentes: não divulgados

ESTADOS UNIDOS: Howard; Spector, Bocanegra, Onyewu e DeMerit; Bradley, Edu, Dempsey e Donovan; Altidore e Agudelo. Técnico: Bob Bradley

ARGENTINA: Mariano Andújar; Javier Zanetti, Nicolás Burdisso, Gabriel Milito; Marcos Rojo, Ever Banega, Javier Mascherano, Esteban Cambiasso, Ángel Di María; Lionel Messi e Ezequiel Lavezzi. Técnico: Sérgio Batista
 

Leia tudo sobre: futebol mundialmessiargentinaeuadi maríalavezzi

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG