Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Argentina pega a Venezuela pelas eliminatórias

Após goleada sobre o Chile, Messi e companhia visitam a Venezuela, que vem de derrota para o Equador

EFE |

A seleção da Argentina, com seu forte ataque liderado por Lionel Messi, joga nesta terça-feira contra a Venezuelapela segunda rodada das eliminatórias para a Copa do mundo de 2014. A equipe argentina tentará sua segunda vitória, após ter goleado o Chile por 4 a 1, jogo no qual o atacante  Higuaín fez três gols. Já a Venezuela, na primeira rodada, foi até Quito enfrentar o Equador e a altitude e perdeu por 2 a 0.

Veja também: A classificação das eliminatórias sul-americanas

A seleção venezuelana atuou com um time desfalcado para poupar jogadores para a partida contra a Argentina. O jogo desta terça-feira, que será realizado na cidade de Puerto La Cruz, é a primeira apresentação oficial da equipe "vinotinta" diante de sua torcida após a boa campanha do país na Copa América, quando terminou em quarto lugar.

Já a equipe argentina terá novidades em sua formação: o zagueiro Martín Demichelis, do Málaga, recuperado de uma contusão, e o volante Javier Mascherano, do Barcelona, após cumprir suspensão, retornam ao time titular. O treinador Alejandro Sabella, que estreou no dia 6 de setembro numa vitória de 1 a 0 justamente sobre a Venezuela, num amistoso, prega o respeito ao adversário mas aposta em novo triunfo.

Para a entrada de Mascherano, o técnico sacou Rodrigo Branã. Outro jogador que não deve atuar é Ever Banega, enquanto Marcos Rojo jogaria como um lateral com a função de apoiar o meio-campo. O goleiro Mariano Andújar continua no time titular, pois Sergio Romero ainda não está recuperado de uma torção no tornozelo esquerdo. Além disso, a Argentina não poderá contar com o atacante do Manchester City, Sergio Agüero, com problema no púbis.

Veja também: Messi vai usar chuteiras com chip mês que vem

O comandante venezuelano, César Farias, já esqueceu o Equador e aposta na formação completa para resistir ao poderio do oponente. "Temos que fazer uma partida correta. E agora temos Juan (Arango), temos mais opções e mais meio de campo. Isso nos dá otimismo e esperança, mas não tira nossa cautela", disse Farías aos jornalistas após o último treino da Venezuela. O técnico contará com quatro jogadores que atuam no futebol espanhol, além da volta do capitão Juan Arango, do Borussia Mönchengladbach.

Nas dez vezes que as duas seleções se enfrentaram pelas eliminatórias, a Argentina venceu todas, com 34 gols a favor e seis contra.

Leia tudo sobre: eliminatórias copa 2014argentinavenezuela

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG