Protestos da torcida, que fica próxima ao gramado, têm tirado jogadores e treinador do sério no Cruzeiro

Quem inventou o termo foi o técnico Luiz Felipe Scolari , se referindo a alguns torcedores do Palmeiras que reclamavam de tudo no Palestra Itália ainda na primeira passagem do treinador pelo time paulista. Mas, na Arena do Jacaré, a chamada “turma do amendoim” também está presente, tirando alguns jogadores e o treinador do sério durante as partidas do Cruzeiro .

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Com a reforma do Mineirão para a Copa do Mundo de 2014, o time mineiro está mandando suas partidas na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. Assim foi na Libertadores, no Campeonato Mineiro e deve ser na maioria dos jogos do Campeonato Brasileiro.

Cuca chegou a se irritar com um torcedor
Vipcomm
Cuca chegou a se irritar com um torcedor "corneteiro" no jogo contra o América-TO
O estádio é pequeno e a torcida acaba ficando muito próxima do gramado. Ao mesmo tempo que a vibração fica mais forte com os gritos de apoio, é possível escutar todo tipo de manifestação negativa que vem das arquibancadas.

Na partida de volta da semifinal do Campeonato Mineiro, contra o América-TO, o técnico Cuca acabou perdendo a cabeça e batendo boca com um torcedor que não parava de incomodar.

“É um rapaz que estava xingando o jogador. Dizia: ‘é muito ruim, tira ele’. Nem parece que é torcedor nosso, e estava de camisa azul e branca. Mas ele aprendeu, porque a torcida mesmo o pegou e lhe deu uma bronca, gritando ‘vacilão’. Acho que agora ele vai torcer a nosso favor no outro jogo”, comentou o treinador depois da partida.

O meia Gilberto é outro que tem sofrido com os torcedores que não param de “cornetar” o time. No grande clássico que decidiu o Campeonato Mineiro, o jogador marcou um belo gol de falta e fez questão de se dirigir até uma parte da torcida para extravasar.

“Cada um tem a maneira de comemorar (um gol), achei que aquele era o momento. Com cinco minutos de jogo, já tinha meia dúzia de caras gritando ali. Tem torcedor do Cruzeiro que em vez de incentivar quer chiar. O gol é para a torcida do Cruzeiro, esse pessoal que vem nos incentivando sempre, dando força sempre aqui na Arena do Jacaré”, declarou o meia cruzeirense.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.