Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Árbitro relata ofensas racistas a atacante do Caxias no Gauchão

Vanderlei teria sido chamado de “macaco” em partida contra Novo Hamburgo

iG Porto Alegre |

AE
Vanderlei é atacante titular do Caxias
O árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima relatou em súmula ofensas racistas da torcida do Novo Hamburgo ao atacante Vanderlei, do Caxias. De acordo com o documento, publicado no site da Federação Gaúcha de Futebol, um grupo de torcedores chamou o atleta de “macaco” durante a partida entre ambas as equipes no último sábado.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“A conduta do público mandante foi ruim em função de que sempre que o atleta camisa nº 9 do SER Caxias, Sr. Vanderlei Francisco, tomava posse da bola, um grupo de torcedores do EC Novo Hamburgo passava a chamá-lo de 'macaco' ostensiva e insistentemente. Foi solicitado que a Brigada Militar tomasse as devidas providências para coibir o ato", diz o documento.

Veja a classificação, os resultados e os próximos jogos do Campeonato Gaúcho

O jogo foi tumultuado. Além desde incidente, o mesmo Vanderlei foi mordido por um cão da Polícia Militar após confusão com a arbitragem.

O caso de racismo deve ser apurado pelo Tribunal de Justiça Desportiva. Primeiramente, a Procuradoria deve denunciá-lo, algo que ainda não aconteceu.

As duas equipes fazem boa campanha no Estadual, tendo disputado a final do primeiro turno. O Caxias foi campeão nos pênaltis.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG