Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Árbitro faz lambança, e jogo do Internacional termina em confusão

Jaílson Freitas deu apito final antes de cobrança de falta e quase foi agredido por jogadores e torcida

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Futura Press
Árbitro Jaílson Macedo Freitas é escoltado por policiais após encerrar o jogo antes de uma cobrança de falta do Inter
O empate de 0 a 0 entre Inter e Atlético-GO terminou de forma inusitada. O time da casa teve uma falta aos 47 minutos do segundo tempo, na entrada da área. O árbitro baiano Jaílson Macedo Freitas decidiu ampliar o jogo até os 48 minutos, enquanto os jogadores se preparavam para a cobrança. Depois que todos estavam prontos, ele apitou, mas não para a cobrança de falta, e sim para terminar o jogo.

Os jogadores do Inter ficaram indignados e partiram pra cima da arbitragem. A reclamação foi muito forte.

“Ele apitou a falta e acabou o jogo”, disse D´Alessandro. “Não existe. Nunca vi isso. Então termina o jogo antes”, argumentou Andrezinho. “Não deixou bater. Não adianta”, completou Kléber.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

Após a reclamação dos atletas, o árbitro se dirigia para o vestiário quando uma torcedora invadiu o campo e tentou agredir Jaílson. A Polícia Militar entrou em ação e impediu que a confusão fosse ainda maior.


 

Leia tudo sobre: InternacionalBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG