Marquinhos e Rafael Coelho, do Avaí, além de Loco Abreu e Herrera, do Botafogo, receberam cartão vermelho

A confusão entre jogadores de Botafogo e Avaí, após o apito final do árbitro em jogo das oitavas de final da Copa do Brasil, gerou quatro expulsões: o meia Marquinhos e o atacante Rafael Coelho, do Avaí, além de Loco Abreu e Herrera, do Botafogo.

Com isso, os jogadores da equipe catarinense desfalcam o time na partida de ida das quartas de final da Copa do Brasil, contra o vencedor do confronto entre Goiás e São Paulo. Na súmula, o árbitro relatou que Marquinhos agrediu Loco Abreu, enquanto Rafael Coelho teria chutado um jogador botafoguense.

Após o final da partida, Loco Abreu foi em direção a Marquinhos, iniciando a briga. Os jogadores alvinegros reclamaram do pênalti marcado a favor do Avaí, já no final do jogo, que selou a classificação da equipe mandante, enquanto Renan, goleiro do Avaí, afirmou que, ainda com a bola rolando, o camisa 13 do Botafogo teria dado uma cotovelada em Marquinhos.

O julgamento dos jogadores envolvidos na briga deverá acontecer na próxima semana, ainda antes do início da fase de quartas de final da Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.