Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Árbitro escolhido para Barcelona x Real causa polêmica na Espanha

Imprensa local diz que o alemão Wolfgang Stark é fã de Messi e já prejudicou o Real Madrid no passado

iG São Paulo |

Barcelona e Real Madrid voltarão a se enfrentar, nesta quarta-feira, para começarem a decidir quem vai para a final da Liga dos Campeões. Cercado de rivalidade por natureza, o clássico ganhou mais uma polêmica agora, já que o árbitro escolhido para o jogo de ida foi o alemão Wolfgang Stark. Rapidamente a imprensa espanhola fez diversos levatamentos sobre a carreira do juiz e apontaram motivos para o Real Madrid se preocupar.

O maior deles é uma declaração de Stark, encontrada pelo jornal catalão "Sport", na qual ele se declarou fã de Lionel Messi, craque do Barcelona. "Messi é um jogador importantíssimo, um dos melhores do mundo", analisou, para depois dizer que tem vontade de trocar de camiseta com o argentino. "Mas teria que ser no vestiário, se não eu tería que mostar o cartão amarelo", brincou o juiz, após apitar o jogo em que Messi fez quatro gols contra o Arsenal, na edição passada da Liga dos Campeões.

O histórico do árbitro alemão em jogos do Real Madrid também pesa contra ele. Wolfgang Stark apitou o empate do time merengue contra o Lyon, por 1 a 1, na Liga dos Campeões, partida que teve um pênalti não marcado para o time de José Mourinho, que depois criticou Stark: "Estou irritado, o árbitro deve ter visto o pênalti. A jogada aconteceu a cinco metros dele e do auxiliar. Quatro olhos foram capazes de ver o que todos nós vimos", declarou o técnico português.

Outra notícia negativa sobre Wolfgang Stark, também lembrada pelos jornais espanhóis, é que ele foi eleito o pior árbitro do Campeonato Alemão recentemente. Em janeiro, a revista "Kicker" fez um levantamento com a opinião dos jogadores e eles deram esse título nada agradável ao próximo juiz de Barça x Real.

Todo esse destaque dado pela imprensa espanhola ao juiz do clássico acontece depois das recentes reclamações de Guardiola. O técnico do Barcelona chegou a criticar a possível escolha do árbitro português Pedro Proença para a partida - ele estava entro os mais cotados, mas a Uefa (União das Federações Europeias de Futebol) optou por Stark.

Porém, Guardiola já recebeu uma crítica de Cruyff, ídolo holandês do Barcelona, por sua preocupação excessiva com a arbitragem: "Mais do que temer quem apitará ou se o gramado estará alto, preocupe-se com a sua equipe", declarou Cruyff. O Barcelona perdeu a final da Copa do Rei para o Real Madrid na semana passada, mas está na frente do rival na tabela do Campeonato Espanhol, com oito pontos de vantagem.

 

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhabarcelonareal madrid

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG