Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Árbitro cita na súmula copos arremessados por torcida palmeirense

Torcedores queriam acertar o goleiro Deola, que vinha tendo grande atuação diante do Fluminense e atrapalhando a entrega para prejudicar o Corinthians

Gazeta Esportiva |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237854263826&_c_=MiGComponente_C

O árbitro Wilton Pereira Sampaio, do Distrito Federal, não deixou passar o mau comportamento da torcida do Palmeiras na partida contra o Fluminense, pela 37ª rodada do Brasileirão-2010. Na súmula apresentada à CBF (Confederação Brasileira de Futebol) nesta segunda-feira, o apitador descreveu os copos de água atirados pelos palmeirenses no gramado da Arena Barueri.

"Aos 15 minutos do 1º tempo, a partida foi paralisada em virtude da torcida do Palmeiras, localizada atrás da meta defendida pelo goleiro do Palmeiras, ter arremessado alguns copos de água mineral para dentro do campo de jogo (área penal), no momento da cobrança de um tiro de canto a favor da equipe do Fluminense. Sendo solicitada a presença do policiamento para providências necessárias, tal atitude não se repetiu. Vale ressaltar que os copos arremessados não atingiram nenhum atleta e estes foram retirados pelos atletas", descreveu Wilton Pereira Sampaio.

AE
Deola observa os copos de água arremessados pela torcida palmeirense no domingo

Curiosamente, a torcida do Palmeiras queria acertar o goleiro da própria equipe. Inspirado, Deola vinha fazendo uma grande atuação diante do poderoso ataque do Fluminense comandado por Conca, Emerson e Fred.

Aos palmeirenses, a vitória do time carioca era uma obrigação para prejudicar o Corinthians na briga pelo título nacional. O Fluminense ganhou por 2 a 1 e manteve um ponto de vantagem na ponta. Portanto, depende apenas de suas forças na última rodada para assegurar o título nacional.

Agora, fica a expectativa da análise do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) em relação ao caso. O Palmeiras já tem um efeito suspensivo em vigor em relação aos incidentes de seus torcedores no clássico contra o Corinthians, no mês passado. Na ocasião, foram arremessados objetos perigosos (ralos e lixeiras de ferro) no estacionamento do Pacaembu.

No primeiro julgamento no STJD, o Palmeiras acabou punido com a perda de dois mandos no Campeonato Brasileiro. Depois de cumprir metade da pena, o Verdão obteve o efeito suspensivo para enfrentar o Fluminense em Barueri.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiropalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG