Raul Orosco, 31 anos, comandou partida do Corinthians na Libertadores e Mano criticou falta de rigor

O jovem árbitro boliviano Raúl Orosco, 31 anos, apitará a estreia da seleção brasileira na Copa América da Argentina , neste domingo, 16h (de Brasília), contra a Venezuela no Estádio Único de La Plata (cidade 60 km ao sul de Buenos Aires). A organização da competição divulgou apenas os juízes da primeira rodada e o brasileiro Sálvio Spínola Fagundes Filho não foi escalado para nenhuma das seis partidas.

Orosco é o segundo mais jovem árbitro convocado para a competição e tem como experiência participação nas três últimas Copas Libertadores (o colombiano Wilmar Roldán é dois meses mais novo) . Orosco comandou, por exemplo, a estréia do Corinthians na edição de 2010, na vitória de 2 a 1 sobre o Racing, do Uruguai, no estádio do Pacaembu. Mano Menezes, técnico da seleção brasileira, treinava o time paulista naquele dia e chegou a bater boca com Orosco, reclamando da violência dos uruguaios.

Efrain Castro, também boliviano, e o mexicano Marvin Torrente serão os auxiliares de Orosco no duelo válido pelo Grupo B. O uruguaio Roberto Silvera será o árbitro da abertura da competição, entre Argentina e Bolívia (Grupo A) nesta sexta-feira, 21h45 (de Brasília), também na cidade de La Plata.

Veja abaixo quem comanda os outros jogos:

Colômbia x Costa Rica (Grupo A), sábado em Jujy – Enrique Osses (Chile)
Paraguai x Equador (Grupo B), domingo em Santa Fé – Sergio Pezzota (Argentina)
Uruguai x Peru (Grupo C), segunda-feira em San Juan – Wilmar Roldan (Colômbia)
Chile x México (Grupo C), segunda-feira em San Juan – Juan Soto (Venezuela)

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.