Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Árabes desistem e Wellington Paulista fica no Cruzeiro

Al-Rayyan, do Catar, já gastou todo o orçamento disponível para contratações nesta temporada e saiu do negócio

Gazeta |

Cogitado para deixar o Cruzeiro, o atacante Wellington Paulista teve a sua situação resolvida nesta terça-feira: o jogador vai permanecer na Toca da Raposa. Isso porque o Al-Rayyan, do Catar, clube que tinha o interesse em contar com os trabalhos do atleta, foi proibido pelo Comitê Olímpico do Catar de investir na contratação do atacante. O motivo da proibição é que os árabes já teriam gasto a cota disponível para investimentos na temporada.

A informação oficial sobre o fim das negociações foi dada pelo diretor de comunicação do Cruzeiro, Guilherme Mendes, que informou também que o atleta não chegou a um acordo salarial com o Al-Rayyan.

null"A comunicação que nos chegou foi a de que o Comitê Olímpico do Catar não aceitou uma nova transação por parte do Al-Rayyan. Lá eles trabalham com um orçamento que é bem definido e antes de começar a temporada eles têm que apresentar esse orçamento para o Comitê Olímpico e a equipe do Al-Rayyan já utilizou todo esse orçamento. Então, eles não podem incluir mais um jogador e mais uma transação nesta temporada", disse o dirigente em entrevista à "Rádio Itatiaia".

Com a permanência de Wellington Paulista, o Cruzeiro deve desistir da contratação de mais um atleta para o setor. O clube já acertou com André Dias, Ortigoza e Reis para atuarem no ataque, os três juntam-se a Thiago Ribeiro, Ernesto Farías e Wallysson que já estavam na equipe.

Leia tudo sobre: CruzeiroWellington Paulistaal-rayyanmercado da bola

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG