Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Aqui não é time de rua", diz Muricy sobre pênalti de Neymar

Técnico esbraveja contra repórter e deixa claro que atacante é o cobrador oficial de pênaltis da equipe

Samir Carvalho, iG São Paulo |

null

Reuters
Neymar lamenta o pênalti desperdiçado
O técnico Muricy Ramalho evitou polêmicas sobre o pênalti perdido pelo atacante Neymar no final do jogo contra o Once Caldas nesta quarta-feira, no estádio do Pacaembu, pelas quartas de final da Copa Libertadores da América. O treinador esbravejou contra um repórter ao ser questionado em entrevista coletiva sobre o batedor oficial de pênaltis do Santos

Muricy fez questão de dizer que Neymar é o batedor de pênaltis oficial da equipe santista e não decidiu fazer a cobrança no decorrer da partida contra os colombianos. 

“Aqui não é time de rua, está escrito que o Neymar bate pênalti. Ele é o batedor oficial e por isso bateu”, disparou Muricy Ramalho, após o empate entre Santos e Once Caldas por 1 a 1, que garantiu a classificação do time da Vila Belmiro para a semifinal da competição continental. 

Antes da chegada de Muricy Ramalho, o meia Elano era o batedor oficial de pênaltis do Santos, sob os comandos dos técnicos Adilson Batista e Marcelo Martelotte. O treinador negou que Neymar bateu o pênalti após pedir permissão para Elano e encerrou o assunto na entrevista. 

Isso porque, a maior polêmica da carreira de Neymar aconteceu após o técnico Dorival Júnior proibi-lo de cobrar um pênalti no jogo contra o Atlético-GO, pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro do ano passado. Na ocasião, o atacante não gostou da proibição e xingou o treinador.

Leia tudo sobre: santoscopa libertadores 2011neymarmuricy ramalho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG