Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Aprovado por Dorival Júnior, Jackson vai continuar como titular

Departamento médico do clube veta Rafael Cruz e Patric para os próximos jogos e abre espaço para Jackson

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

O meia Jackson foi improvisado como lateral-direito no clássico e vai ser mantido na posição nas próximas rodadas. Rafael Cruz e Patric, os dois jogadores que o Atlético-MG tem para o setor, já estão vetados para o jogo contra o Guarani, no
próximo domingo, e para as rodadas seguintes.

Ambos estão com estiramento muscular na coxa direita e o tempo de recuperação varia entre quatro e cinco semanas. Embora o departamento médico do Atlético-MG não dê um prazo de retorno, o médico Rodrigo Lasmar já vetou os dois para domingo. Entre os lesionados, o zagueiro Réver é o que tem mais chance de jogar, mesmo assim a possibilidade não é grande.

“A situação mais possível é a do Réver, ele tem um pouco de chance. Rafael e Patric estão fora do próximo jogo e com contusões mais demoradas para recuperação”, revelou o médico do Atlético-MG.

Jackson foi improvisado por Dorival Júnior na lateral direita, no clássico contra o Cruzeiro. O treinador já adiantou que o jogador poderia ser mantido por ali, devido ao bom rendimento no último sábado. Com os vetos já confirmados de Rafael Cruz e Patric, Jackson vai ser o escolhido para continuar com a camisa 2 do Atlético-MG.

Depois da vitória por 4 a 3 sobre o Cruzeiro, Dorival Júnior era só elogios ao meia que atuou improvisado como lateral-direito. “Para um meia de ataque, jogar um clássico em uma função que desconhecia, foi até acima do que esperávamos. Principalmente porque deu a bola para o segundo gol, em uma jogada muito bonita que foi trabalhada durante a semana”.

Se vai ser como meia, como volante ou como lateral-direito, pouco importa para Jackson. O que o jogador do Atlético-MG quer é continuar no time. “Para mim não tem problema nenhum, jogador de lateral, de volante ou na minha, que é na meia. Estou preparado para tudo”, revelou Jackson, com exclusividade ao iG.

Questionado sobre a maior dificuldade que encontrou diante do Cruzeiro, o jogador foi sincero e revelou que precisa melhorar na marcação. Mas no geral ele deixou o gramado da Arena do Jacaré e confiante que agora vai ser visto de maneira diferente por Dorival Júnior e também pelos torcedores do Atlético-MG.

“Tem aquela dificuldade de marcar, pois não sou muito de marcar e estou começando a pegar agora. Foi uma boa apresentação na lateral. Agora é dar continuidade ao trabalho que vai dar tudo certo, não sei se como lateral ou volante”.

Leia tudo sobre: Atlético-MGCampeonato Mineiro 2011Jackson

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG