Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apresentado no Atlético de Madri, Diego diz que almeja seleção

Definido como um "jogador único, de uma qualidade inigualável", meia brasileiro esbanjou otimismo

AE |

selo

O meio-campista Diego, revelado pelo Santos, foi apresentado nesta quinta-feira como último reforço do Atlético de Madri para este início de temporada na Europa. O jogador de 26 anos recebeu a camisa 22 e atraiu cerca de 2 mil torcedores ao estádio Vicente Calderón em sua apresentação oficial. De acordo com o clube, há três anos tentava-se a contratação do brasileiro, que estava defendendo o Wolfsburg, da Alemanha.

Diego recebeu sua nova camisa das mãos de um dos maiores ídolos da história do clube e atual treinador do Atlético B, Roberto Simón Marina. O ex-meio campista comparou Diego a outro brasileiro que fez sucesso no time alvirrubro de Madri: Juninho Paulista. Já o diretor esportivo do clube definiu o reforço como um "jogador único, de uma qualidade inigualável".

Mantendo o discurso padrão, Diego afirmou estar muito contente com a transferência, pela grandeza, pelos torcedores, e pelo fato de o Atlético de Madri jogar um campeonato tão competitivo quanto o espanhol. Revelou também a ansiedade para que negociação desse certo. "Os últimos dias foram um pouco difíceis. Tinha muita vontade de jogar aqui. Sempre disse isso. É uma combinação perfeita, porque estou num grande clube".

Diego também citou como uma de suas metas no novo clube voltar à seleção brasileira. "É um grande objetivo que tenho, mas há de se ter tranquilidade", lembrou.

Leia tudo sobre: espanhafutebol mundialseleção brasileira

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG