Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Apresentado, Elkeson elogia Botafogo e nega ser única solução

Meia assinou contrato por quatro anos e disse que já pode atuar no próximo sábado, se for regularizado

Renan Rodrigues, iG Rio de Janeiro |

Principal contratação do Botafogo para o Campeonato Brasileiro até o momento, o meia Elkeson foi apresentado oficialmente na noite desta quarta-feira, em General Severiano. Ao lado do presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, o jogador de 21 anos comemorou o fim da 'novela' sobre sua contratação, já que foi disputado também pelo Fluminense durante mais de uma semana.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Elkeson disse que não participou da escolha do time que defenderia, já que o Vitória aceitou as duas propostas, e também revelou que está bem fisicamente, podendo estrear no próximo sábado, caso seja regularizado na Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

"Nunca falei que queria jogar lá (no Fluminense). Não participei disso. Meus empresários que cuidaram de tudo e eu fiquei de fora, até porque não posso me envolver. Estou feliz por ter acertado com o Botafogo e estou bem fisicamente, vinha jogando regularmente. Se o Caio Júnior optar por me usar no sábado, vou estar à disposição", declarou Elkeson.

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Elkeson é apresentado oficialmente ao lado do presidente do Botafogo, Maurício Assumpção

A falta de jogadores para o setor de armação sempre foi destacada pelo técnico Caio Júnior no Botafogo. Porém, apesar de ciente da expectativa da torcida e da nova responsabilidade, Elkeson faz questão de lembrar que não chega para ser o 'salvador' do Botafogo.

"Não sou a solução, todo mundo está junto, dando o máximo para conseguir as vitórias. Não é só um jogador que vence um campeonato. O grupo tem que ser forte, todo mundo se ajudar, mas acho que o grupo vai estar bem forte para o Campeonato Brasileiro", disse Elkeson.

Vaiado na última partida pelo Vitória, no triunfo por 1 a 0 sobre o Vila Nova no último sábado, o jogador, que defendeu o clube baiano desde os 10 anos, lamentou a saída 'brigada' com a torcida, após ter perdido o campeonato baiano desta temporada para o Bahia de Feira de Santana.

"Eu entendo a torcida, não queria sair do Vitória assim, até porque são 10 anos de clube, não 10 semanas ou 10 dias. Aconteceu de não ter conquistado o titulo do baiano, mas infelizmente isso são coisas do futebol. Agora é outro momento, vou pensar somente no Botafogo", finalizou o jogador.

Leia tudo sobre: botafogobrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG