Ex-meia do Flamengo evitou polêmicas em sua chegada ao clube e rejeitou utilizar o número de Ganso

O meia Ibson foi apresentado nesta quarta-feira, no CT Rei Pelé, como novo reforço para a sequência da temporada. O ex-atleta do Flamengo foi apresentado com a camisa 10 do Santos , mas evitou criar polêmicas com o meia Paulo Henrique Ganso , e prometeu utilizar outro número de camisa durante sua passagem pela Vila Belmiro.

Siga o Twitter do iG Santos e receba as notícias do time em tempo real

“É maravilhoso (vestir a 10 do Pelé). Mas, a 10 está bem vestida, que é do Ganso. deixa para ele guardadinha. O importante é poder jogar, não importa o número da camisa”, afirmou Ibson.

O atleta também manteve o discurso político quando foi questionado sobre a concorrência no meio-campo do Santos. Versátil, Ibson disputará posição com Adriano, Arouca, Danilo, Henrique, Elano e Ganso.

Entre para a Torcida Virtual do Santos e ajude a manter o time no top 3 do ranking

“A concorrência é grande, é verdade. São grandes jogadores. Tem um grupo forte, está ficando mais forte ainda”, disse o meio-campista, que prefere atuar na posição de volante. “Minha vontade é ajudar o Santos. Mas, lá na Rússia estava atuando como segundo volante”, completou.

Ibson pertencia ao Spartak Moscou, da Rússia. Aos 27 anos, o jogador chega em definitivo e assinou contrato de quatro temporadas. Além do futebol russo, o volante atuou no Porto, de Portugal, onde conquistou os títulos do Campeonato Português, da Taça da Liga e da Super Taça.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.