Década perdida do Palmeiras reflete em ranking mundial da IFFHS - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Década perdida do Palmeiras reflete em ranking mundial da IFFHS

De 2000 para cá, clube venceu apenas uma edição do Campeonato Paulista e amargou até o rebaixamento no Brasileirão em 2002

Gazeta Esportiva |

O palmeirense não poderia esperar algo melhor do que a 88ª colocação no ranking mundial feito pela IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística) que analisou os resultados entre 2001 e 2010. No período, o Palmeiras venceu apenas uma edição do Campeonato Paulista e amargou até o rebaixamento no torneio nacional em 2002.

Entre os brasileiros, o Palmeiras foi apenas o nono melhor. O alviverde ficou atrás de São Paulo (12º lugar), Cruzeiro (23º), Santos (26º), Internacional (38º), Grêmio (54º), Flamengo (56º), Corinthians (59º) e Fluminense (64º).

"É claro que cada um tem a sua referência quando forma uma estatística, mas acho que o Palmeiras não poderia ficar entre os melhores em uma lista como essa pelo tempo que está sem títulos. Existem clubes com desempenho superior", afirmou Leivinha, um dos ídolos do Alviverde nos anos 70, em entrevista por telefone na tarde desta terça-feira.

As principais potências mundiais lideraram a lista. O badalado Barcelona, da Espanha, foi considerado o melhor do mundo. Em seguida, vieram três ingleses: Manchester United, Liverpool e Arsenal. O melhor representante sul-americano foi um argentino. Mesmo em péssima fase em 2010, o tradicional Boca Juniors fechou a década como décimo colocado.

Na lista, o Palmeiras ficou atrás de alguns times com pouca representatividade no cenário internacional, como o Cienciano, do Peru, e o Al-Ahly, do Egito, além de agremiações de países como Bélgica, Suíça, Dinamarca, República Tcheca e Bulgária.

"É difícil, vejo que hoje o Palmeiras tem um time entre aspas. Gostaria de ver esse clube em condições melhores, com um elenco mais competitivo", reforçou Leivinha, bicampeão paulista e brasileiro no Palestra Itália. "O Palmeiras deve acompanhar a evolução do mundo para voltar a brigar por títulos", emendou.

Maior artilheiro palmeirense na história do Campeonato Brasileiro, Leivinha considera que, apesar da esperança alimentada pelo torcedor no título da Sul-americana que gerou toda a frustração na eliminação diante do Goiás, o elenco alviverde nunca foi confiável neste segundo semestre de 2010. Agora, ele espera que a diretoria aprenda com os erros e pense em um time competitivo para o ano que vem.

"Pelo que o Palmeiras representa, por toda a sua grandeza, o elenco precisa de uma reformulação, mas, é claro, sem deixar aqueles jogadores que são bons de lado. Mas sabemos que não é fácil, o futebol está inflacionado, precisa ter os pés no chão", aconselha Leivinha.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG