Condenado há dez rodadas, técnico do Grêmio Prudente dispara contra arbitragem - Futebol - iG" /
Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Condenado há dez rodadas, técnico do Grêmio Prudente dispara contra arbitragem

Mais uma vez colocaram árbitro de Goiás para apitar nosso jogo, antes foi um de Minas, reclamou Giuntini, ressaltando que Atlético-GO, Goiás e Atlético-MG também estão na briga contra degola

Gazeta Esportiva |

O Grêmio Prudente foi derrotado pelo Vasco e ficou muito próximo do rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro - a queda matemática pode acontecer no fim de semana. Irritado, o técnico Fábio Giuntini disparou contra a arbitragem de André Luiz Castro, de Goiás, na partida desta quinta-feira, em São Januário.

"Infelizmente, mais uma vez colocaram árbitro de Goiás para apitar nosso jogo, antes foi um de Minas", reclamou, ressaltando que Atlético-GO, Goiás e Atlético-MG também estão na briga contra a degola. "Estão falando que nós caímos há dez jogos, mas não falam sobre arbitragem. Eu também não vou falar mais".

A maior bronca do comandante é relacionada a dois pênaltis não marcados a favor de sua equipe e ele preferiu não comentar um lance duvidoso a favor do Vasco. "Pode até ser (o pênalti para o Vasco). Mas eu discuto dois lances de pênalti contra nossa equipe, foi muito claro o lance com o Rhayner. Todo lance para nós era cartão... Mas não perdemos por isso", esbravejou.

Último colocado, com 18 derrotas em 33 jogos, a equipe do interior paulista tem 24 pontos - 12 a menos que o Guarani, primeiro time fora da zona do rebaixamento. Em caso de derrota para o Goiás, em casa, na próxima rodada, o Grêmio Prudente precisará torcer para que o Guarani perca para o Palmeiras, fora de casa, e para que o Atlético-MG ao menos empate com o Santos, em casa. Caso contrário, não terá mais chances de permanecer na Série A.

Leia tudo sobre: campeonato brasileiroprudente

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG