Tamanho do texto

Treinador do Flamengo diz que ambiente é bom e descarta o rótulo de herói pelas substituições no intervalo

Gazeta Press
Vanderlei Luxemburgo comemora vitória sobre o América-MG
Aliviado e feliz. Foi com esse semblante que o técnico Vanderlei Luxemburgo atendeu os jornalistas após a vitória sobre o América-MG que acabou com uma sequência de dez jogos do time sem vencer . Bem humorado e sereno, o treinador elogiou a postura dos jogadores e agradeceu ao apoio incondicional do torcedor durante os 48 dias de jejum e, principalmente, na partida deste sábado.

“Foi uma vitória importante, mas para a bola entrar foi duro. O Thiago teve que tentar duas vezes até colocar a bola para dentro com a cabeça. Temos conversado bastante e o nosso ambiente é muito bom. Mas tenho que enaltecer o apoio do torcedor do Flamengo. Em momento algum ele se voltou contra a equipe, está no direito dele de pedir raça e nos apoiou o jogo inteiro. Eles conhecem o nosso trabalho, e eles querem o mesmo que nós que são as vitórias. A vitória era fundamental, não interessava como”, afirmou Luxemburgo.

Questionado durante a semana se a vitória contra o América-MG significava tudo ou nada para o Flamengo seguir vivo na competição, o treinador deu a resposta após a vitória.

Entre na
torcida virtual do Flamengo

“Eu contesto muito isso. O tudo ou nada é para quem não tem nada a perder. Aqui nós temos muito o que perder, mas temos muito mais a ganhar. Nós temos um projeto e um planejamento para o ano que vem que inclui a Libertadores”, disse Luxemburgo, que enalteceu a luta dos jogadores.

“Quem ganhou não fui eu no intervalo e sim os jogadores no campo. Eu comecei com o time mais cauteloso porque num momento desses a pressão é grande, mas tive a oportunidade de tornar o time mais ofensivo”, concluiu.

Veja imagens da vitório do Flamengo :


    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.