Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após vitória contra a seleção, imprensa argentina exalta talento de Messi

Partida no Catar estava empatada sem gols aos 46 minutos do segundo tempo quando o meia do Barcelona marcou e resolveu

EFE |

O atacante Lionel Messi ocupa nesta quarta-feira os lugares mais destacados na imprensa argentina após o gol da vitória por 1 a 0 que marcou para a seleção de seu país no amistoso contra o Brasil, disputado em Doha, no Catar.

A opção do técnico Mano Menezes em escalar o ataque da seleção brasileira com Robinho e Neymar não deu certo. Com dois atacantes de movimentação pelas laterais do campo, o Brasil chegou a criar lances de perigo, mas falhou na finalização e acabou derrotado pela Argentina por 1 a 0, nesta quarta-feira, em Doha.

"Tinha que dar, Lionel", titula o jornal esportivo "Olé" na capa de seu site, na qual reivindica "aplausos, por favor" pelo belo gol do jogador do Barcelona, marcado aos 47 minutos do segundo tempo.

"Messi é também o homem do futuro, apesar de seu presente extraordinário, sabe que ainda não alcançou ser o atleta determinante que a seleção precisa que seja. Hoje pelo menos mostrou uma nova faceta, a de não se render até o último suspiro e assim ter sido o responsável por fazer a diferença em uma partida que parecia condenado ao zero", acrescenta o periódico.

"Messi devolveu à seleção o sorriso do sucesso", anuncia o jornal "La Nación", que comenta: "foi um desses gols sublimes. Um encontro mágico com Lavezzi de que Messi soube tirar o máximo entrando na área e definindo cruzado de canhota, com o público do Catar como testemunhas privilegiadas".

"Foi o gol do triunfo no último minuto de jogo. Foi o primeiro grito eufórico de 'La Pulga' diante do Brasil, o gigante sul-americano ao que a Argentina não superava desde junho de 2005. Foi a primeira grande vitória de Sergio Batista como técnico oficial da seleção. Construir a partir do sucesso aplainará o caminho", completa o "La Nación".

O semanário "Perfil" também destaca o jovem jogador já em sua manchete: "Por Messi, Argentina venceu ao Brasil". Enquanto isso, a publicação "Página 12" lembra que o confronto se encaminhava para um empate em 0 a 0: "quando parecia que a partida não teria gols, apareceu a estrela do Barcelona para dar a vitória à seleção".

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG