Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após viagem à Europa nas férias, Zé Eduardo fala em valorização

Destaque do Santos em 2010, atacante marcou 18 gols em 52 partidas e almeja lugar entre os titulares

Gazeta Esportiva |

Um dos jogadores que mais se destacaram em 2010 pelo Santos, o atacante Zé Eduardo voltou aos trabalhos no clube mostrando que espera uma maior valorização por parte da diretoria. Sondado por times europeus e após uma viagem para retirar o passaporte italiano durante as suas férias, Zé Eduardo espera que o seu trabalho no ano passado, quando disputou 52 partidas e marcou 18 gols pelo clube, seja recompensado.

"Estive na Europa para tirar o passaporte italiano, mas não porque vou agora para lá. Isso só deverá acontecer num futuro próximo. O passaporte serve para facilitar uma futura transferência para algum time europeu. Meu empresário recebeu algumas propostas de lá, só que não penso em ir embora", disse o atacante que, sondado por Werder Bremen (Alemanha) e Udinese (Itália), deseja um novo contrato e um aumento salarial do Peixe.

"Espero uma valorização em todos os sentidos. Acho que todo jogador pensa em ganhar um contrato melhor e eu não sou diferente. Fiz um grande ano em 2010 e o meu desejo é ficar no Santos, até porque é difícil encontrar um grupo como o nosso, que se respeita e se gosta tanto. Temos um ambiente maravilhoso aqui, tanto de se ver quanto de se trabalhar", comentou.

Independentemente de conseguir um novo contrato e um aumento salarial junto a cúpula santista, Zé Eduardo espera aproveitar as oportunidades que deverá receber para conquistar, definitivamente, um lugar entre os titulares da equipe neste ano.

"Não cabe a mim dizer que sou o camisa 9 do Santos. Eu sei o que posso render, respeito os meus companheiros, mas a minha intenção é ser titular. O Keirrison, o Maikon Leite e o Moisés são grandes jogadores. Fiz grandes jogos em 2010, gols, e vou trabalhar forte até o dia 15 (data da estreia no Paulistão, contra o Linense, fora de casa) para ser titular. Vai ser uma briga sadia e tenho certeza que o Adilson Batista vai optar pelo melhor. Se eu entrar no time, espero dar conta do recado", finalizou.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG