Delegação brasileira desembarcou por volta das 22h na capital paulista, local do amistoso contra Romênia

Depois de empatar sem gols contra a Holanda , no Serra Dourada, e deixar o campo sob as vaias da torcida goiana, a seleção brasileira já está em São Paulo. O time comandado por Mano Menezes encara a Romênia, no Pacaembu, na próxima terça-feira, em jogo que marcará a despedida do atacante Ronaldo.

Diferente da chegada em Goiás , quando foi recebida por muitos torcedores, a seleção teve um desembarque tranquilo e sem assédio no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. Apenas um torcedor estava no local com a camisa do Brasil e pedindo autógrafo para os jogadores.

Lúcio foi titular e capitão contra Holanda
AFP
Lúcio foi titular e capitão contra Holanda
Um dos poucos a falar com a imprensa, o zagueiro Lúcio , que foi o capitão da equipe neste sábado, achou injusta as vaias que o time levou no Serra Dourada. "O Brasil não merecia vaia porque foi um teste forte, a Holanda é vice campeã mundial, não foi um joguinho qualquer. Mas faz parte, torcida é assim mesmo", avaliou o defensor.

Para o duelo contra os romenos, Lúcio disse não conhecer o rival. "Para falar a verdade, não conhecemos nada da Romênia. Vamos nos preparar, treinar e saber como o time deles joga. Mais um teste para a Copa América", finalizou o zagueiro.

Brasil e Romênia duelam nesta terça-feira, dia 7 de junho, no estádio do Pacaembu, em São Paulo. A partida está marcada para 21h50 (de Brasília) e não terá quatro jogadores liberados pela CBF : Júlio César, Daniel Alves, Ramires e Thiago Silva.

*Com colaboração de Mário André Monteiro

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.