Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após triunfo, Cuca afirma que sensação é de dever quase cumprido

Com cinco vitórias nas últimas sete partidas, Atlético-MG está muito perto de permanecer na Série A

Gazeta |

null

O técnico Cuca respirou aliviado após o apito final do árbitro Gutemberg de Paula Fonseca, que garantiu a vitória do Atlético-MG em cima do Coritiba por 2 a 1, nesta quinta-feira, na Arena do Jacaré. O treinador alvinegro afirmou que com o triunfo, o Atlético-MG fica muito próximo de cumprir o objetivo de evitar o rebaixamento, fato comemorado por Cuca.

Veja também: Atlético-MG tem cinco pontos de vantagem sobre o Z-4. Veja a classificação

"Era um jogo muito perigoso. Fica a sensação que o dever está quase cumprindo. Falta alguma coisa ainda, e de repente com uma ajuda da tabela não falte. Porque os cálculos que a gente tinha feito era 42, mas com a vitória do Atlético-PR pode ter subido para 43, ou quem sabe 44. É difícil, quando estamos em uma situação igual a essa aqui, a gente sofre muito, porque a responsabilidade da gente é muito grande", declarou.

Leia também: Atlético-MG vence o Coritiba e encaminha permanência na Série A

O treinador afirmou que mesmo o triunfo em cima do Coritiba tendo sido obtido com dificuldades, que o seu time tem que comemorar bastante. Cuca lembrou que das últimas sete partidas, o Atlético-MG venceu cinco, e mesmo assim, ainda não conseguiu se livrar matematicamente do risco de rebaixamento. O comandante atleticano, ao menos, admite que a situação ficou um pouco mais tranquila.

Siga o Twitter do iG Atlético-MG e receba notícias do time em tempo real

"Temos que comemorar mesmo, porque dos últimos sete jogos do Atlético-MG, só pedreira, ganhamos cinco, e ainda não é suficiente. Então você vê o quanto difícil estava ali atrás para nós. Hoje a situação clareou bastante, e estamos a um passo de conseguir o nosso objetivo", disse.

Leia tudo sobre: Atlético-MGBrasileirão 2011Cuca

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG