Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após 'transtornos', São Paulo quer atenção redobrada contra Goiás

Jogadores falam em bom resultado fora para evitar dificuldades como as encontradas contra o Santa Cruz

Levi Guimarães, iG São Paulo |

Depois de muito sofrimento na segunda fase da Copa do Brasil por conta da derrota por 1 a 0 para o Santa Cruz no Recife, que exigiu uma vitória por dois gols de diferença no jogo de volta, o São Paulo quer uma postura diferente no confronto com o Goiás pelas oitavas-de-final do torneio. Assim como na fase anterior, o primeiro jogo é fora de casa.

“A gente sabe da importância do primeiro jogo. [Contra o Santa Cruz] uma derrota fez toda aquela fumaça, causou todos os transtornos para o segundo. Com um resultado melhor não teríamos passado aquele sufoco no segundo”, afirmou o ala Ilsinho, que deve ser titular no meio de campo, substituindo Lucas, suspenso pela expulsão contra a equipe pernambucana.

Os são-paulinos acreditam que enfrentarão em Goiânia um adversário com postura bem diferente da que encontraram diante do Santa Cruz. Enquanto o time nordestino se limitou à forte marcação e à aposta nos contra-ataques, eles acreditam que o Goiás sairá mais para o jogo, em busca de uma vitória jogando em casa.

“Acredito que o Goiás vai jogar de igual para igual. Com todo respeito ao Santa Cruz, mas acredito que o Goiás tem muito mais recurso e precisando de um bom resultado no primeiro jogo eles devem sair mais, tentar o gol. Não vão se preocupar só em defender”, disse Ilsinho.

Marlos, que será titular no ataque graças à ausência de Fernandinho, reitera a opinião do companheiro. “Pelo estilo de jogo do Goiás, vai facilitar pra gente. O Santa Cruz marcava muito forte e jogava no contra-ataque. O Goiás em casa vai jogar pra cima, a gente vai ter que ter tranquilidade e explorar contra ataques pra voltar de lá com uma vitória”, disse.

Mesmo fora de casa, o São Paulo promete jogar em busca da vitória para facilitar a luta pela classificação no jogo de volta, na próxima semana, no Morumbi. Contudo, Marlos admite que um empate já poderá ser considerado bom. “Vamos buscar uma vitória, buscar o gol. Mas acho que um empate não seria mal”.

Leia tudo sobre: são paulogoiáscopa do brasil 2011ilsinhomarlos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG