Ex-jogador estava concentrado com a equipe de base do Bayern em Trento e teria ido até a estação para pegar um trem para Munique

Gerd Müller ficou 15 horas desaparecido na Itália
Getty Images
Gerd Müller ficou 15 horas desaparecido na Itália
O ex-meia do Bayern de Munique Gerd Müller desapareceu durante 15 horas e foi encontrado na terça-feira desorientado em uma rua da cidade de Trento, no norte da Itália.

O campeão do mundo de 1974 estava concentrado com o time de base do Bayern de Munique, em Trento, para iniciar a pré-temporada da equipe, informou a edição digital do periódico Il Corriere della Sera nesta quarta-feira.

O ex-jogador pegou um táxi às cinco horas da manhã de segunda-feira e pediu para ir à estação de trem da cidade para voltar para Munique. A ausência de Gerd Müller foi denunciada por seus companheiros da equipe de base do Bayern de Munique, clube para o qual trabalha desde 1992. Depois de quinze horas, o jogador foi encontrado pela Polícia militar italiana desorientado e caminhando por uma rua da cidade italiana.

Müller voltou aos trabalhos no clube bávaro recentemente, após ter se submetido a um longo tratamento de desintoxicação alcoólica e de reabilitação, que começou em 1982, ano no qual pendurou as chuteiras.

Gerd Müller foi campeão mundial com a Alemanha na Copa do Mundo de 1974, disputada em casa. Ele marcou quatro gols naquela edição do Mundial e tornou-se, então, o maior artilheiro de todas as Copas do Mundo, com 14 gols - havia marcado dez gols em 1970. A marca de Müller só foi superada em 2006, quando Ronaldo chegou a 15 gols.

    Leia tudo sobre: bayern de munique
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.