Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Após sorteio da Liga, times mostram respeito mútuo

Adversários das quartas de final do torneio foram revelados nesta sexta-feira, após sorteio em Nyon

Agência Estado |

Pouca provocação e muito respeito. Foi assim que os principais classificados às quartas de final da Liga dos Campeões repercutiram o sorteio das chaves nas fases finais da competição.

Na Espanha, a possibilidade de Barcelona e Real Madrid se encontrarem nas semifinais foi muito debatida pela imprensa, mas vista com serenidade nos clubes. Na Inglaterra, o clássico entre Chelsea e Manchester United ocupa as manchetes e as entrevistas.

"Conhecemos bem o Shakhtar Donetsk e eles nos conhecem bem. Tivemos partidas muito difíceis contra eles. É provavelmente a equipe que mais pontos e melhores resultados teve na Liga, é uma equipe fisicamente muito forte e com jogadores experimentados. Foi muito difícil ganhar deles na Supercopa da Europa", analisou o técnico do Barcelona, Pepe Guardiola.

Perguntado sobre o Real Madrid, o treinador mostrou respeito e elogiou os jogadores madrilenhos, que pretendiam entrar em campo contra o Lyon usando uma mensagem de apoio a Abidal, que passou por cirurgia para a retirada de um tumor, mas foram impedidos pela Uefa.

Do outro lado do confronto, o técnico do Shakhtar, Mircea Lacescu, não poupou elogios ao Barcelona: "Pelos resultados e pela qualidade do jogo, o Barcelona é a melhor equipe do mundo", comentou, dizendo que preferia pegar um time inglês, lembrando do fracasso de Liverpool e Manchester City contra times pequenos da Liga Europa um dia antes.

Real Madrid x Tottenham Hotspur

Elogios também do Real Madrid ao seu adversário nas quartas de final da Liga dos Campeões. "O Tottenham é uma boa equipe, com um jogador conhecido como Van der Vaart, que tem bons laterais, bons atacantes, não vai ser fácil. É um time que parece ter pouco brilho, mas que está crescendo", analisou o diretor esportivo do time de Madri, Miguel Pardeza.

Já o Tottenham mostrou confiança: "Podemos ganhar", diz a manchete do site do clube. Ex-jogador do Real Madrid, Van der Vaart comemorou o sorteio: "Fiquei feliz quando soube como foi o sorteio. Desejava que isso acontecesse porque será fantástico voltar a Madri, onde tenho muitos amigos".

Clássico Inglês

No Chelsea, o técnico Carlo Ancelotti, negou que encare o duelo contra o Manchester United como uma revanche da final da Liga dos Campeões de 2007/2008, vencida pelos vermelhos nos pênaltis. "É minha opinião, não tenho que considerar revanche porque não estava lá, mas para meus jogadores, não sei, não creio que seja uma boa motivação pensar nisso", disse o treinador, que chegou a Stamford Bridge em 2009.

Leia tudo sobre: futebol mundialliga dos campeõesinglaterraespanha

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG