Gerente de futebol do Corinthians conversou com Patrick Vieira, seu ex-companheiro de Arsenal, mas pediu calma sobre a negociação

De volta ao Brasil após rodar pela Europa para participar de congresso, conhecer estádios e fazer contatos em nome do Corinthians , Edu Gaspar não externou novidades a respeito de Carlitos Tevez, sonho de consumo da diretoria. O gerente de futebol, no entanto, admitiu ter feito sondagens a respeito da situação do atacante argentino no Manchester City , da Inglaterra. As conversas foram com o francês Patrick Vieira, seu ex-companheiro de Arsenal e atual dirigente do clube inglês.

Corinthians é o líder do Brasileirão. Veja a tabela

"Eu dei algumas entrevistas na Inglaterra sobre ele, expliquei que não estava lá por causa disso. Mas a situação dele lá não está das melhores. A torcida não está muito a favor dele. E ele está esperando o que vai acontecer. O City já anunciou que ele deverá ficar fora por mais um mês provavelmente, e o Mancini (Roberto Mancini, técnico) não quer que ele volte mais. É isso, mais ou menos. Tem que ir com calma, estudar se vai ou não fazer proposta", disse o ex-atleta, na tarde desta quarta-feira.

O Corinthians tentou contratar Tevez em julho deste ano oferecendo 40 milhões de euros, mas recebeu negativa do City. Pouco tempo depois, o atacante se recusou a deixar o banco de reservas em um compromisso da equipe inglesa na Liga dos Campeões e irritou Mancini. O treinador chegou a dizer que, sob seu comando, o argentino não atuará mais.

Segundo o presidente do clube paulista, Andrés Sanchez, deverá haver ser feita nova investida em janeiro, quando a janela de transferências for aberta novamente. Seguindo o mesmo discurso do mandatário, Edu Gaspar repetiu que não nenhuma negociação em curso no momento, não sem reconhecer que a diretoria já tem estudado possibilidades de reforços.

Leia mais: em busca de atacante, Boca Juniors fará proposta por Tevez, diz jornal

Além de Tevez, verdadeiramente na lista de pretensões corintianas, outros nomes têm sido ventilados às vésperas do fim de temporada. Os meias Montillo (Cruzeiro) e Douglas (Grêmio). "Agora vai vir jogador pra caramba", ironizou o gerente de futebol. "Mas vamos seguir a mesma linha, sem especular nada e sem se importar com as coisas que acontecem fora de campo".

Durante a viagem, Edu Gaspar esteve com o diretor administrativo, André Luiz Oliveira (André Negão), e Lúcio Blanco, gerente de arrecadação do clube. Eles conheceram estádios e a estrutura de clubes europeus importantes, como Arsenal, Chelsea, Barcelona e Real Madrid.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.